Homepage

  • Teresa Bonvalot encara as etapas do CT no Havai como 'forma de aprendizagem'
    20 janeiro 2023
    arrow
  • Em Pipeline e Sunset Beach, a surfista portuguesa vai substituir a lesionada Johanne Defay. Desde 2017 que Teresa não compete na divisão máxima do surf mundial.
  • Se foi no Havai que Teresa Bonvalot terminou a temporada de 2022, com aquela maldita final no Haleiwa Challenger que deixou a surfista portuguesa apeada da inédita qualificação para o CT 2023, a campanha do novo ano também irá começar nesse mesmo arquipélago. 

    Esta semana, a vigente campeã nacional Open de surf viu confirmada a presença no Billabong Pro Pipeline, aquela que será a etapa inaugural do circuito mundial de surf de 2023. 

    Na sequência de ser suplente do CT feminino até ao cut do meio da temporada, Teresa vai aproveitar o facto da gaulesa Johanne Defay estar lesionada para competir não só na onda rainha do surf mundial, mas também na etapa que se segue, a disputar em Sunset Beach, igualmente no Havai.

    Citada pela Associação Nacional de Surfistas (ANS), Bonvalot não esconde estar "muito contente" com esta chamada à elite mundial até porque "não estava com grandes expectativas para entrar". "Como esta vaga dependia da lesão de outras surfistas e não desejo mal a ninguém", afirmou a atual campeã europeia da World Surf League (WSL). 

    A verdade é que tudo "acabou por acontecer" e Teresa Bonvalot vai tornar-se na primeira surfista portuguesa a competir numa etapa do CT realizada nos tubos de Pipeline. 

    Nesta altura de fazer as malas para o arquipélago havaiano, a surfista lusa explica que vai "usar esta oportunidade como uma forma de aprendizagem para estar ao pé das melhores surfistas do mundo e adquirir ainda mais experiência”.

    Recorde-se que a surfista de Cascais já não compete no CT desde 2017. Na altura, participou via wildcard no Cascais Women's Pro, disputado nas ondas da Praia do Guincho. Alcançou o nono posto, fruto de ter atingido a ronda 4, naquela que até ao momento é a sua melhor classificação em meia dezena de aparições no circuito mundial de surf.

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram