Homepage

  • Os portugueses confirmados no QS de Taghazout
    25 janeiro 2023
    arrow
  • Prova tem início marcado para 18 de Fevereiro e ainda conta com vagas disponíveis, tanto do lado masculino como no feminino.
  • A contagem decrescente já chegou ao final e o circuito QS já começou a dar os primeiros passos em algumas regiões no ano de 2023. Com provas já a decorrer nas Filipinas e nos Estados Unidos, os europeus ainda terão de esperar alguns dias para regressarem à ação. Algo que irá acontecer em Taghazout, no regresso muito aguardado de Marrocos ao calendário.

    Com a prova marcada para 18 de Fevereiro, a lista de inscritos já se encontra a ganhar forma. Contudo, os surfistas inscritos já têm lugar garantido na competição, uma vez que ainda há vagas disponíveis, tanto do lado masculino como no feminino. E entre os inscritos há vários portugueses.

    A presença de Frederico Morais já tinha sido noticiada anteriormente, com o surfista português a ser dos primeiros a inscrever-se. Aliás, Kikas foi um dos vários surfistas portugueses que escolheu Marrocos para uma das primeiras viagens do ano, tendo feito por lá uma espécie de pré-temporada para o ano de 2023. Tal como Vasco Ribeiro.

    Além de Kikas e Vasco, que serão os “capitães” da armada lusa, na prova masculina também estão inscritos Guilherme Ribeiro, Gabriel Ribeiro, Francisco Almeida, Luís Perloiro, Francisco Ordonhas, Joaquim Chaves, José Maria Ribeiro, Guilherme Fonseca, Henrique Pyrrait, Daniel Nóbrega, João Mendonça, Francisco Mittermayer, Matias Canhoto e Martim Carrasco, num total de 119 das 128 vagas já preenchidas.

    Do lado feminino, a recém-consagrada campeã mundial júnior Kika Veselko vai ser a grande estrela portuguesa em prova, com a ausência de maior destaque a ser Teresa Bonvalot, que vai estar a competir nas etapas havaianas do CT. A Kika juntam-se ainda Yolanda Hopkins, Mafalda Lopes, Gabriel Dinis, Carolina Mendes e Beatriz Costa entre as 50 surfistas já inscritas num total de 64 vagas.

    Para já, a armada lusa conta com 16 surfistas inscritos na prova masculina e 6 surfistas inscritas na prova feminina, num total de 22 representantes. Número que ainda pode aumentar até ao início do campeonato. Um evento com categoria QS3000, que vai marcar o início da segunda metade da temporada do QS europeu 2022/23 e que será decisivo para as contas da qualificação para as Challenger Series 2023.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Outras Notícias Relacionadas