Homepage

  • Teresa. Do pedido de wildcard de Saca e dos tops aos elogios da “boss” da WSL
    07 dezembro 2022
    arrow
  • Primeira reação de Teresa ao desfecho inglório de Haleiwa teve um enorme impacto nas redes sociais.
  • Teresa Bonvalot veio esta quarta-feira a público falar pela primeira vez sobre o inglório e cruel desfecho da temporada no circuito Challenger Series, que ditou que a surfista portuguesa falhasse por muito pouco a qualificação para o circuito mundial de surf de 2023, depois de ter terminado com os mesmos pontos da surfista que garantiu a última vaga. Uma reação muito aguardada e que rapidamente mereceu os comentários de centenas e centenas de pessoas, incluindo alguns tops do CT e outras estrelas do surf mundial, a maioria a pedir que seja dado um wildcard a Teresa para a CT 2023.

    Após 24 horas da publicação de Teresa nas redes sociais, são já mais de 7 mil likes e 800 comentários ao testemunho da campeã nacional sobre o rude golpe nas aspirações de chegar à elite mundial já na próxima temporada. E algumas dessas reações têm um peso significativo. Desde surfistas que fazem parte do CT feminino a adversárias nas Challenger Series, passando por referências do surf nacional, como Tiago Pires, ou mesmo a responsável pelas competições da WSL. Todos deram o seu apoio a Teresa Bonvalot.

    Uma das opiniões que mais saltou à vista foi a de Tiago Pires, primeiro português a conseguir qualificar-se para o circuito mundial. Para Saca, Teresa “fez o suficiente” para se qualificar e ainda deixou um recado à WSL: “Precisam de reestruturar o circuito ou toda a gente vai começar a desacreditar este desporto”, atirou, numa mensagem que recebeu apoio de vários seguidores, incluindo Gony Zubizarreta.

    Outra troca de ideias interessante foi a que aconteceu com a brasileira e top mundial Tatiana Weston-Webb, vice-campeã mundial de 2021. “Campeã”, escreveu Tati, em bom português. E depois seguiu-se uma mensagem com destinatário próprio. “Jessi Miley-Dyer, esta mulher merece mais wildcards do que qualquer outra”. Algo que não ficou sem resposta por parte da “boss” das competições da WSL. “Concordo. Adorava vê-la a vestir a nossa licra”, frisou a australiana e também antiga top mundial.

    Aliás, Jessi Miley-Dyer já tinha ela própria dado uma palavra de apoio a Teresa. “Incrível exemplo. O nosso desporto tem muita sorte em ter alguém como tu”, escreveu, dando a ideia de uma abertura por parte de quem gere o circuito em contar com a surfista portuguesa na próxima temporada do CT, mesmo que num papel de suplente ou wildcard.

    Brisa Hennessy, outra das atuais tops mundiais, também elogiou Teresa Bonvalot. “És a verdadeira campeã. Uma das pessoas mais fortes e com o maior coração que conheço. Não tenho dúvida que a tua vez está a chegar”, afirmou a costarriquenha. No mesmo sentido, escreveu a big rider francesa Justine Dupont. “Parabéns pelo teu ano incrível. Demora tempo, mas vai acontecer”, sublinhou.

    Leo Fioravanti, vencedor do circuito Challenger Series masculino e um dos maiores representantes do surf europeu na atualidade, também elogiou a surfista portuguesa. “Teresinha, mostraste imensa personalidade em todos os heats que fizeste este ano. Nunca deixaste de lutar, mesmo sendo castigada por Haleiwa e voltando ao pico para conseguires o score que precisavas. Fica orgulhosa de ti. No próximo ano vais voltar e vencer este circuito”, argumentou o italiano.

    Além da maioria dos surfistas portugueses também terem prestado a sua homenagem a Teresa, destaque para grande parte das rivais europeias que também não hesitaram em elogiar o caminho da surfista portuguesa. Pauline Ado, Garazi Sanchez-Ortun, Lucia Martino, Aelan Vasst ou Anat Lelior foram alguns desses exemplos.

    Também a nível internacional se multiplicaram as mensagens, com destaque para a norte-americana Alyssa Spencer, que parecia ser a grande rival de Teresa nesta luta, acabando também ela por não conseguir uma vaga no CT do próximo ano. Sophia Medina, irmã de Gabriel Medina, Shino Matsuda, Daniella Rosas, Molly Picklum, Luana Silva, Kirra Pinkerton, Anne dos Santos ou Leilani McGonagle foram outros dos nomes que partilham o lineup com Teresa nas Challenger Series que não ficaram indiferentes ao momento.

    Também do lado masculino houve mensagens de apoio, como a do brasileiro Michael Rodrigues, que garantiu o regresso ao CT, Willian Cardoso, Jesse Mendes, Lucas Silveira, Aritz Aranburu, Lucas Chumbo, Ian Gouveia, Ramzi Boukhiam, Keanu Asing, Miguel Tudela, Justin Becret ou antiga lenda do surf brasileiro Fábio Gouveia.

    Por fim, os elogios estenderam-se a outras áreas do desporto, com destaque para mensagens do skater Gustavo Ribeiro, da futebolista Jéssica Silva, dos bodyboarders Pierre Louis-Costes e Hugo Pinheiro, do automobilista Alex Félix da Costa ou do velejador Gustavo Lima, entre muitos outros, que não perderam a oportunidade de dar um incentivo à surfista portuguesa, que esteve a um pequeno passo de fazer história no surf nacional.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram