Homepage

  • Kikas e a estreia no Haleiwa Challenger: 'Este heat soube quase a uma vitória'
    01 dezembro 2022
    arrow
  • Num ano que não tem sido nada fácil, Kikas não escondeu a felicidade com a entrada positiva num campeonato que lhe é tão querido.
  • Três anos depois daquele histórico triunfo, que foi vital para chegar pela segunda vez na carreira ao Championship Tour (CT), Frederico Morais voltou a vestir a licra em Haleiwa.

    E o desfecho acabou por ser o mesmo do último heat que ali havia surfado: a vitória. Desde o Ballito Pro, realizado em julho último, que Kikas não sabia o que era vencer uma bateria no circuito Challenger Series 2022. 

    Aliás, o Balito Pro e o Haleiwa Challenger foram os dois únicos eventos que Frederico não perdeu de primeira num ano que tem vindo a ser bem complicado e que fica inevitavelmente marcado pela saída do CT a meio do ano na sequência do cut.

    Numa altura em que ainda alimenta o sonho de estar presente a full-time no CT do próximo ano, para isso tem de vencer em Haleiwa e esperar resultados de terceiros, o surfista de 30 anos não escondeu a felicidade com a entrada positiva num campeonato que lhe é tão querido.

    "Este heat soube quase a uma vitória. Às vezes temos de dar valor a pequenas conquistas para voltar a brilhar", escreveu nas redes sociais o top 10 mundial em 2021.

    No mesmo texto, o surfista de Cascais apontou já ao próximo desafio, puxando pela armada portuguesa que continua em prova. "Vamos com tudo Vasco Ribeiro, Teresa Bonvalot e Mafalda Lopes."

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram