Homepage

  • Tudela tudo levou: 'Não acredito que exista uma fórmula secreta'
    21 novembro 2022
    arrow
  • O surfista de 27 anos confessou "estar sem palavras" numa altura em que tem estado imbatível no contexto sul-americano.
  • Uma mão cheia de campeonatos consecutivos a vencer! É aquilo que Miguel Tudela plasmou no QS regional sul-americano em 2022. Seja em onda tubular, direita ou esquerda, no Brasil ou no Chile, o desfecho é sempre o mesmo. O surfista peruano é levado em ombros após a final.

    Tudela tem-se mostrado superlativo, num domínio que não se tem visto muito por aí nos diferentes circuitos da World Surf League (WSL) espalhados pelo globo. Assim à primeira vista, encontramos paralelo naquilo que Teresa Bonvalot fez recentemente no QS europeu, onde esteve 21 heats sem conhecer o amargo sabor da eliminação.

    O competidor de Punta Hermosa já elevou a fasquia ao estar 28 baterias (!) sem ser afastado de qualquer campeonato lá no hemisfério sul. É obra por parte de alguém que é um dos desportistas do momento no Peru. 

    Esta impressionante cavalgada vitoriosa em 2022 foi fechada com chave de ouro, pois a última vitória de Miguel foi conseguida no passado domingo no seu Peru natal, mais concretamente nas ondas de Punta Rocas.

    Nas nuvens, o surfista de 27 anos confessou "estar sem palavras" após somar novo triunfo.

    Numa altura em que tem estado imbatível no contexto sul-americano, Miguel Tudela explicou que "não existe uma fórmula secreta" para tudo aquilo que tem vindo a protagonizar.

    "Simplesmente tento desfrutar de cada momento e não sentir pressão, nem ansiedade. Apenas quero desfrutar desta bonita modalidade que praticamos. Fazer tudo sempre com paixão e felicidade. Acredito que isso é o mais importante. Felizmente tenho junto de mim uma equipa que me apoia bastante", disse o competidor sul-americano em comunicado da WSL.

    Depois de ter vivido em 2022 um "ano de sonho", o surfista que o ano passado representou o Peru na primeira prova olímpica da história já está com o pensamento no próximo desafio. E que desafio é esse! "Agora é pensar na Challenger Series", assegura o peruano. Será ano de tentar o assalto ao apuramento para o CT de 2024. 

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Outras Notícias Relacionadas