Homepage

  • John John está de regresso à competição! Será desta que os problemas nos joelhos largam o havaiano?
    25 novembro 2022
    arrow
  • Depois de Gabriel Medina em Saquarema, agora é a vez do bicampeão mundial voltar a vestir a licra após paragem de meio ano.
  • No início de novembro, o vibrante Maracaña de Surf estremeceu com uma das histórias mais bonitas do ano e que teve o herói local e global Gabriel Medina como protagonista.

    Exatamente na mesma onda em que saiu lesionado em junho último, o três vezes campeão do mundo venceu a prova que assinalou o seu regresso à competição. Um momento carregado de emoção. A toda essa conjetura simbólica, juntou-se o facto de ter sido o primeiro triunfo de Gabes no templo do surf brasileiro e no evento que pela primeira vez teve em ação os manos Medina, Gabriel e Sophia. Ufffff, aguenta coração! 

    O Saquarema Pro, prova que o astro brasileiro venceu, foi a penúltima do calendário da Challenger Series 2022. O circuito que define as últimas vagas para o CT, mas que este ano também está a ser o circuito dos regressos de grande nomes do surf mundial.

    Primeiro foi Medina. Agora em Haleiwa, a etapa que vai fechar o presente circuito, chega a vez do comeback do único surfista não-brasileiro que sagrou-se campeão do mundo de 2014 para cá. É ele John John Florence.

    Depois de um enésimo problema nos ligamentos dos joelhos, que apeou o bicampeão mundial de lutar por novo título em 2022, o havaiano prepara-se para efetuar novo regresso à competição em Haleiwa, onde já venceu por duas ocasiões. A história repete-se pelo segundo ano consecutivo.

    Em 2021, Florence apareceu fino nas direitas que tão bem conhece, dando uma masterclass de laybacks. Foi uma cavalgada que só parou no lugar mais alto do pódio. Por isso, a expetativa é muita para saber em que estado John John vai apresentar-se ao serviço. Porém, a grande questão que se coloca nem é tanto sobre o presente, mas sim sobre o futuro, dado o cadastro de lesões que o talentoso surfista havaiano possui.

    Conseguirão os joelhos de John John Florence aguentar fisicamente a exigência de uma longa e desgastante época no CT? Esta é a pergunta de um milhão de dólares. Se calhar, nem o próprio John John consegue responder a tal questão com 100% de garantias.

    A sua carreira tem vindo a ser tão massacrada por lesões nos ligamentos dos joelhos e consequentes operações. Por isso, desde 2017 não faz o Dream Tour na totalidade. São problemas a mais que têm travado este prodígio que já entrou na casa dos 30 anos, com o que tudo isso significa.

    O Pipe Master de 2020 não veste a licra há meio ano, aquando do CT de G-Land, curiosamente a etapa que marcou o regresso de Gabriel Medina ao Tour, depois daquela paragem para tratar da saúde mental e não só. Quer o destino, que salvo pontuais exceções, ambos andem sistematicamente desencontrados. Uma pena! Agora, estão de regresso ao ativo. Veremos até quando...

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Segue o Beachcam.pt no Instagram