Homepage

  • Teresa Bonvalot, a surfista do momento que virou inspiração para as rivais
    18 julho 2022
    arrow
  • Em Pantín voltou a dominar e começou a defender o título europeu da melhor forma.
  • Quando em Maio de 2021 Teresa Bonvalot venceu, finalmente, pela primeira vez na carreira no circuito WQS, Portugal celebrou um triunfo que todos sabiam se tratar de uma questão de tempo. Contudo, poucos esperavam que pouco tempos depois a jovem surfista portuguesa iniciasse um dos percursos mais triunfantes que há memória no surf mundial. Desde então já leva cinco vitórias no QS europeu, sendo que quatro foram seguidas.

    Uma sequência surreal e praticamente sem precedentes no surf mundial – a última do género que nos vem à memória foi a caminhada triunfante de Ethan Ewing no Pro Júnior australiano de 2016, que terminou com o título mundial júnior referente a essa temporada. O último dos triunfos da surfista de Cascais, aconteceu, agora, em Pantín, onde abriu a temporada 2022/23 da melhor forma, a defender o título conquistado na temporada passada, onde venceu os três eventos em que entrou: Açores, Israel e Caparica, novamente. Pelo meio e antes deste novo sucesso entre as melhores surfistas europeias, Teresa fez história ao vencer a segunda etapa das Chalenger Series 2022.

    Esse sucesso em Sydney, onde tinha pela frente não só as melhores europeias, mas também as melhores de todos os continentes, acaba paradoxalmente por colocar em causa este domínio europeu de Bonvalot. Isto porque foi um resultado tão determinante, que a coloca atualmente no 4.º posto do ranking do circuito mundial de qualificação, que apura as cinco primeiras para o World Tour 2023. E aí a luta de Teresa deixará de ser europeia, para ser mundial.

    Apesar disso, Teresa decidiu ir à Galiza defender o título europeu conquistado em 2021/22. Deu-se bem novamente. Além disso, começa a tornar banal o sentimento de triunfo, num surf português que até há bem pouco tempo nem precisava de uma mão inteiro para contar todos os sucessos de surfistas nacionais a nível internacional.

    “Foi um evento incrível, mais uma vez”, começou por dizer Teresa, que já tinha vencido em Pantín em 2020, num evento especial que marcou o regresso do surf a nível europeu no pós-pandemia. “Apesar das condições difíceis, acabámos por ter muitas ondas. Estou a competir há muito tempo, a viajar por vários países e a ganhar experiência. Acho que isso tem, definitivamente, sido uma ajuda. Estou a desfrutar de tudo e isso é visível. Até mesmo com mar pequeno, tens de encontrar as melhores secções para dar tudo e elevares as tuas manobras”, frisou.

    Habituada a ser um exemplo a nível nacional, onde arrastou consigo não só as colegas de geração como uma nova fornada de talentos no surf feminino nacional, Teresa Bonvalot caba por também agarrar esse papel a nível europeu. A finalista vencida em Pantín, a britânica Alys Barton, que saiu de água com combinação dada pela portuguesa, admitiu esse papel de inspiração por parte da surfista de Cascais, que mostra estar num patamar bem acima de toda a concorrência.

    “Foi um heat com ondas muito desafiadoras para competir”, começou por dizer a jovem britânica. “Surfar frente à Teresa foi uma boa oportunidade, pois é alguém que me inspira e ajuda a elevar o meu surf”, admitiu a vice-campeã da prova galega, que acabou por ser a grande surpresa do evento.

    Foi, mais uma vez, de forma contundente que Teresa Bonvalot alcançou mais um triunfo, que certamente lhe dá mais motivação para rumar à Califórnia, onde no final de Julho arranca já a quarta de oito etapas das Challenger Series 2022. Em Huntington Beach, Teresa vai defender a permanência no top 5 deste importante circuito, mantendo uma nação a sonhar com essa histórica qualificação. E já ninguém duvida que com Teresa tudo é possível!

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Outras Notícias Relacionadas