Homepage

  • Yolanda Hopkins e a prestação na Gold Coast: 'Sei que o 9º lugar é um bom resultado, mas é difícil não ficar desiludida'
    11 maio 2022
    arrow
  • No Gold Coast Pro, a surfista portuguesa igualou o seu melhor resultado no circuito Challenger Series, até ao momento.
  • Entre as quatro surfistas portuguesas que competiram no Gold Coast Pro, Yolanda Hopkins foi aquela que conseguiu chegar mais longe na etapa que abriu as hostilidades no que toca ao circuito Challenger Series 2022. 

    Yolanda alcançou a nona posição, depois de ter sido eliminada pela havaiana Bettylou Sakura Johnson nos oitavos-de-final em Snapper Rocks. Através das redes sociais, a competidora portuguesa fez o balanço desta primeira etapa na Austrália, onde igualou o seu melhor resultado neste circuito, até ao momento.

    "Sei que o 9º lugar é um bom resultado, mas é difícil não ficar desiludida", começou por dizer a campeã nacional Open em 2019. No seu confronto com a prodigiosa Bettlyou, que até há poucos dias estava no circuito mundial de surf, Yolanda Hopkins contou o que se passou naqueles 40 minutos de heat. "Perdi a sintonia com o mar e não consegui recuperar".

    Concluída a passagem por Snapper Rocks, a surfista de 24 anos já olha para a etapa seguinte, a disputar em Sydney. "Agora é erguer e continuar o percurso até Manly", concluiu.

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram