Homepage

  • Gabriel Medina: 'Foi estranho estar de fora e ver os outros surfistas em competição'
    27 maio 2022
    arrow
  • Depois de uma longa ausência por problemas físicos e de saúde mental, o atual campeão do mundo não esconde que é "bom estar de volta" e "apto a competir".
  • Nas 10 etapas que fazem parte da temporada regular do Championship Tour (CT) de 2022, G-Land tem um lugar muito especial.

    A começar pelo facto de ser a primeira vez desde 1997 que os melhores surfistas do mundo vão surfar ali, depois porque esta é a primeira etapa pós-cut e por último porque este é o campeonato que marca o regresso à competição de Gabriel Medina, atual campeão mundial.

    Já recuperado dos problemas físicos e de saúde mental que o apoquentaram na primeira metade do ano, Medina apresenta-se ao serviço para quem sabe ainda ir a tempo da revalidar aquilo que conquistou em setembro de 2021.

    "É bom estar de volta e apto a competir", não esconde o surfista brasileiro. Sem vestir a licra há mais de meio ano, Gabe revela que não foi fácil ficar do lado de fora.

    "Para ser honesto, foi uma sensação estranha ver todos os outros surfistas a competirem nas cinco primeiras etapas e ao mesmo tempo não estar lá. Nunca tinha vivido tal sensação", assegura o três vezes campeão do mundo. 

    Em comunicado oficial da World Surf League (WSL), Gabriel abordou ainda o facto de o seu comeback ser consumado na também regressada onda de G-Land, na Indonésia.

    "É giro. Apenas ali surfei uma vez, mas sempre ouvi falar muito deste spot. Por isso vai ser uma experiência incrível competir em G-Land. Esta onda faz-me lembrar Fiji, mas aqui estamos no meio da selva", analisou o surfista sul-americano.

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram