Homepage

  • Teresa Bonvalot e Mafalda Lopes avançam para a ronda 2 em Sydney
    20 maio 2022
    arrow
  • Foi por apenas 0,13 pontos que Portugal não conseguiu colocar três surfistas na fase seguinte em Manly Beach.
  • Foi com saldo equilibrado e com uma sensação agridoce que teve início, esta sexta-feira, a prestação portuguesa na prova feminina na segunda etapa das Challenger Series 2022, que está a decorrer na famosa praia australiana de Manly, em Sydney. Das quatro surfistas portuguesas em prova na ronda inaugural, duas conseguiram seguir em frente e outras tantas ficaram já pelo caminho.

    Depois de na véspera ter acontecido o mesmo na prova masculina, com Vasco Ribeiro a superar a ronda inaugural e Frederico Morais a ter ficado pelo caminho, desta vez Teresa Bonvalot e Mafalda Lopes foram as surfistas bem-sucedidas, enquanto Yolanda Hopkins e Kika Veselko já se despediram desta “perna australiana” das Challenger Series. Algo que já tinha acontecido na etapa inaugural, na Gold Coast, apenas com intervenientes diferentes, pois, dessa vez, foi Mafalda Lopes a ficar pelo caminho e Yolanda a seguir em frente, até ao 9.º lugar final.

    Com a ação a iniciar ainda na prova masculina, para serem disputados os últimos cinco heats da ronda inaugural, o grande destaque acabou por ser mais uma eliminação de um dos surfistas vindos do cut do CT, neste caso o norte-americano Conner Coffin, top 5 mundial em 2021. O californiano foi derrotado por dois dos grandes destaques do dia, os franceses Jorgann Couzinet e Thomas Debierre, o que veio dar sequência ao bom momento que os surfistas europeus demonstraram na véspera.

    Depois, a prova avançou para a ronda inaugural feminina, onde se cumpriram 14 dos 16 heats desta fase. Algo que fez com que todas as surfistas nacionais estivessem em prova. As primeiras foram Teresa Bonvalot e Yolanda Hopkins, que ficaram ambas no heat 6. Isto já depois de as havaianas Luana Silva e Moana Wong terem feito duas das grandes performances do dia, com destaque também para a qualificação para a ronda 2 por parte de Sophia Medina, irmã do campeão mundial Gabriel Medina.

    Num heat em que a dupla portuguesa parecia partir com favoritismo, a verdade é que acabou por ser a brasileira Anne Dos Santos, que está radicada na Austrália, a dominar e vencer a disputa, após uma luta renhida com Teresa Bonvalot pelo primeiro posto. Anne Dos Santos somou 12,60 pontos e Teresa 12,20, avançando ambas para a fase seguinte, com Yolanda Hopkins (9,57) e a indonésia Kailani Johnson (9,07) a ficarem pelo caminho.

    Um desfecho que significa um passo atrás para Yolanda, depois do 9.º posto da Gold Coast. Ainda assim, nada mais que um percalço para a surfista algarvia, pois no final das oito etapas deste circuito, apenas os cinco melhores resultados contam para definir as cinco surfistas qualificadas para o CT 2023.

    Já para Teresa é o repetir do sucedido na Gold Coast, onde chegou à ronda 2, ficando-se por aí. A campeã europeia em título vai, agora, lutar por chegar ainda mais longe nesta prova, para se poder aproximar dos primeiros lugares do ranking. Na próxima fase Teresa Bonvalot vai estar no heat 4, onde vai medir forças com a japonesa Minami Nonaka, com a sul-africana Sarah Baum e ainda com a australiana Molly Picklum, que vem do cut do CT e que nesta jornada conseguiu a melhor performance, com um score de 16,34 e uma onda de 9,27 pontos.

    A ação prosseguiu a todo o gás e Portugal voltou a entrar na água no heat 10, com Mafalda Lopes a ter pela frente o heat que seria, na teoria, o mais complicado. A jovem surfista da Caparica enfrentou duas australianas ex-tops mundiais, Keelew Andrew e Dimity Stoyle, mas cedo começou a mostrar o seu surf repleto de estilo e curvas bem desenhadas.

    Apesar do domínio imposto por Andrew, que descobriu a melhor onda da bateria e foi pontuada com 8,33 pontos, Mafalda manteve-se na disputa com Stoyle pela qualificação. Com o julgamento a pender para a australiana na primeira troca de ondas, na reta final a jovem portuguesa acabou por encontrar a onda que lhe permitiu segurar a segunda posição. Com um total de 10,60 pontos, Mafalda Lopes só foi superada pelos 14 pontos de Keely Andrew, superando os 9,50 de Dimity Stoyle e os 5,34 da porto-riquenha Havanna Cabrero.

    Na próxima ronda, Mafalda vai estar no heat 6, onde tem novamente duas australianas pela frente, Zahli Kelly e Ellie Harrison. Contudo, o nome mais forte da bateria vai ser o de Alyssa Spencer, atual número um regional norte-americana, que, depois de ter caído de primeira na Gold Coast, parece estar a retomar o ritmo dos triunfos em Sydney.

    A armada lusa até poderia ter colocado mais uma representante na fase seguinte, mas no heat 10 Kika Veselko acabou por falhar a qualificação por apenas 0,13 pontos, após um heat muito equilibrado. Com o mar a apresentar-se bem complicado nesta fase, Kika ainda teve uma derradeira oportunidade de seguir em frente, já na reta final do heat. A precisar de apenas 4,14 pontos, Kika recebeu apenas 3,77, falhando, assim, o acesso à fase seguinte, tal como já tinha acontecido na Gold Coast.

    Kika Veselko terminou no quarto e último posto da bateria, com apenas 8,77 pontos, num heat vencido por Alyssa Spencer, com 12 pontos, e onde a segunda posição pertenceu à australiana Holly Williams, com 8,90 pontos – pelo meio ficou ainda a norte-americana Autumn Hays, com 8,83 pontos.

    A ação em Sydney regressa este sábado, com dois heats ainda por disputar desta ronda inaugural feminina. Depois disso a prova deverá avançar para a ronda masculina, onde Vasco Ribeiro vai defender sozinho a bandeira portuguesa. O campeão nacional está no heat 3, onde enfrenta o brasileiro e ex-top mundial Alejo Muniz e também o jovem havaiano Brodi Sale e o neozelandês Te Kehukehu Butler.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Outras Notícias Relacionadas