Homepage

  • Trials de Margaret River garantem quatro wildcards a jovens locais
    21 abril 2022
    arrow
  • Há dois nomes já bem conhecidos destas antes e outros dois em estreia absoluta.
  • Decorreram na passada terça-feira os trials do Margaret River Pro, quinta etapa do CT 2022, que se vai realizar no Oeste Australiano. Em jogo estavam as vagas de wildcards para esta etapa, com os jovens locais a conseguirem os últimos quatro lugares em jogo. Mia McCarthy e Ben Spence foram os vencedores da disputa, mas Jack Thomas e Jacob Willcox também acabaram por ser premiados.

    Do lado feminino, McCarthy acabou por carimbar um triunfo inquestionável, entre as 12 surfistas em prova. Nas meias-finais teve pela frente a jovem sensação local Willow Hardy, que se estreou no ano passado no CT, e obteve um triunfo por 14,17 pontos contra 12,40. Depois, na grande final McCarthy não deu qualquer hipótese a Emma Cattlin, que na outra meia-final tinha surpreendido a experiente Felicity Palmateer, somando 14,44 pontos contra apenas 5 da adversária.

    Dessa forma, Mia McCarthy garantiu a presença na etapa do CT da West OZ pela terceira vez na carreira, depois de já o ter feito em 2019 e no ano passado, quando foi eliminada nos oitavos-de-final por Carissa Moore. Curiosamente, McCarthy vai reencontrar Moore na ronda inaugural da etapa do Oeste australiana, estando ainda no heat 3 a australiana Sally Fitzgibbons.

    Já nos trials masculinos acabou por reinar a surpresa, sobretudo depois de Jacob Willcox ter sido surpreendido por Ben Spence nas meias-finais, tal como aconteceu por Kael Walsh frente a Jack Thomas. Na final, Spence acabou por levar a melhor frente a Thomas, com 16,47 contra 13,13 pontos.

    Ambos garantiram a entrada na etapa de Margaret River, marcando assim estreia frente aos melhores surfistas do Mundo. Tanto Thomas, que na estreia vai enfrentar o número um mundial Filipe Toledo, como Spence, que tem pela frente o número 2 mundial Kanoa Igarashi, são dois jovens surfistas sem resultados de grande expressão no QS, embora o vencedor destes trials venha do melhor resultado da carreira, depois de ter sido 13.º no QS5000 de Newcastle.

    As vagas não se ficaram por aqui e o inevitável Jacob Willcox também acabou por receber um convite, beneficiando das várias lesões entre os surfistas da elite mundial. Tem sido assim nas últimas etapas e em Bells foi Mikey Wright o sortudo. Agora, foi a vez de Willcox, um dos maiores talentos da West Oz, que vai para a quinta participação no Margaret River Pro e para a dezena entre todas as etapas do Tour em que já entrou como convidado. Que se cuide John John Florence, um dos adversários de Willcox na ronda inaugural em Margaret.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram