Homepage

  • Vasco Ribeiro é baixa na armada lusa para QS israelita
    14 março 2022
    arrow
  • Surfista da Poça tem ainda dois campeonatos em Portugal para melhorar a situação no ranking.
  • Vasco Ribeiro é baixa confirmada por lesão para o regresso à ação do QS europeu, que acontece já esta terça-feira, em Netanya, Israel. O campeão nacional e europeu em título sofreu uma recaída de uma lesão no joelho esquerdo e foi obrigado a falhar a prova israelita, antepenúltima da temporada 2021/22.

    Inicialmente, Vasco Ribeiro não fazia parte da lista inicial de inscritos, revelada algumas semanas antes da prova. Contudo, o surfista português beneficiou do facto de ainda existirem vagas para se inscrever mais tarde. Só que na véspera de partir para Israel o joelho voltou a obrigar o campeão europeu em título a parar.

    “Infelizmente, não vou conseguir competir em Israel. No último surf antes da viagem voltei a magoar-me no mesmo joelho em que tinha tida a outra pequena lesão. À partida não é nada de muito grave. O meu foco agora está em recuperar a 100 por cento para as duas últimas etapas do WQS, em Portugal. Voltarei mais forte”, prometeu o surfista da Praia da Poça.

    Vasco vai tentar, assim, estar apto para as provas da Costa de Caparica e Santa Cruz, onde se vão decidir as contas da qualificação para as Challenger Series de 2022, que darão acesso ao World Tour 2023. Depois de um arranque em falso nos Açores, Vasco Ribeiro vai precisar de recuperar terreno nas etapas portuguesas para tentar terminar no top 9 do ranking europeu, que dá acesso direto às Challenger Series.

    Apesar disso, esta não deverá ser uma situação preocupante, uma vez que em 2022 cada região terá um wild-card para “resgatar” surfistas. Nesse caso, Vasco Ribeiro estará em boa posição para ter esse convite, caso não consiga a qualificação via ranking. Além de ter sofrida esta lesão, Vasco ainda tem a seu favor o facto de ter vencido este circuito no ano passado.

    A armada lusa vai, assim, desfalcada para Netanya, onde estarão 14 portugueses em prova, seis mulheres e oito homens. Do lado masculino, Francisco Almeida é o português melhor posicionado no ranking, embora esteja abaixo do cut. Já do lado feminino, Teresa Bonvalot é a atual líder do ranking, depois de ter vencido a etapa dos Açores no final do ano passado. Kika Veselko e Mafalda Lopes também estão em boa posição para a qualificação, sendo que no caso das mulheres esta será a penúltima etapa do circuito, uma vez Santa Cruz não terá prova feminina.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Outras Notícias Relacionadas