Homepage

  • Teresa Bonvalot e Kika Veselko nas meias-finais em Israel
    25 março 2022
    arrow
  • Guilherme Fonseca terminou a prova masculina no 9.º posto.
  • O surf nacional feminino viveu, esta sexta-feira, mais um grande dia a nível internacional, com as ondas do Mediterrâneo a serem testemunhas de uma jornada extremamente positiva para o quarteto composto por Teresa Bonvalot, Kika Veselko, Yolanda Hopkins e Mafalda Lopes. Todas conseguiram chegar aos quartos-de-final do QS3000 de Netanya, mas só Teresa e Kika conseguiram a passagem às meias-finais e, consequentemente, ao dia final da prova israelita. Isto porque nos quartos-de-final houve duplo confronto português.

    A ação em Israel retomou bem cedo, após vários dias de pausa na prova feminina. E tudo se começou a desenrolar na perfeição durante a ronda 3. A campeã nacional Kika Veselko foi a primeira a entrar na água e conseguiu o apuramento para os quartos-de-final num heat em que apenas foi superada pela basca Nadia Erostarbe, conseguindo a qualificação já na última onda e por apenas 0,16 pontos, após uma disputa apertada com as francesas Juliette Lacome e Marion Philippe.

    No heat seguinte, Yolanda Hopkins conseguiu um triunfo sólido, com 11 pontos, deixando a basca Garazi Sanchez-Ortun no 2.º posto, enquanto a israelita Anat Lelior e a francesa Bahia Frediani ficaram pelo caminho. Mas o melhor ainda estava para vir e no heat 3 Teresa Bonvalot não só venceu, como teve margem para dar show, somando 16,67 pontos, com uma nota de 9,17 a ser a melhor do campeonato. Teresa mostrou a razão de ser a atual líder do ranking europeu e deixou a francesa Tessa Thyssen no segundo posto, enquanto a francesa Aelan Vaast e a israelita Noa Lelior ficaram pelo caminho.

    No quarto e último heat da ronda, a armada lusa feminina faria o pleno, com Mafalda Lopes a conseguir ficar no segundo posto, apenas superada pela britânica Ellie Turner, e a juntar-se às compatriotas nos quartos-de-final. Pelo caminho ficou a alemã Rachel Presti e ainda a marroquina Lilias Tebbaï.

    O dia só não foi mais positivo porque do lado masculino Guilherme Fonseca foi eliminado nesta mesma fase. Guilherme esteve em ação no primeiro heat da ronda e ainda lutou pela qualificação, mas acabou por somar apenas 9,34 pontos, contra 14,50 do francês Maxime Huscenot e 11,73 do também gaulês Thomas Debierre, enquanto o espanhol Vicente Romero ficou na última posição. Um desfecho que impediu o surfista da Lourinhã de seguir para os quartos-de-final, terminando no 9.º posto.

    A ação regressou à prova feminina ao início da tarde, com um duplo duelo português como aperitivo. Se era verdade que, dessa forma, duas surfistas lusas já estavam garantidas na próxima fase, também não deixava de ser afirmativo pensar que, caso o desfecho da ronda anterior tivesse sido diferente, as quatro tinham possibilidades de seguir juntas para as meias-finais. Restava apenas saber quem seriam as duas portuguesas a garantir lugar no dia final.

    Já depois de Nadia Erostarbe ter vencido Garazi Sanchez-Ortun num duelo 100 por cento basco, teve início a disputa entre Yolanda e Kika. Apesar do começo mais forte por parte da surfista algarvia, que terminou a sua prestação com 11,70 pontos, foi a ponta final da campeã nacional em título a fazer a diferença novamente. Com uma onda de 7,33 pontos, Kika operou a reviravolta e conseguiu o triunfo rumo às meias-finais, desta vez por apenas 0,06 pontos.

    Na bateria seguinte novo duelo luso, desta vez com Teresa Bonvalot a conseguir um triunfo largo sobre Mafalda Lopes, com 10,80 pontos, contra 6,50 da compatriota. Um triunfo que deixa Teresa cada vez mais perto de carimbar o título europeu do WQS, numa altura em que do lado feminino falta disputar-se apenas mais uma etapa, na Caparica.

    Assim, no dia final, Kika Veselko vai medir forças com Nadia Erostarbe, enquanto Teresa Bonvalot terá pela frente a britânica Ellie Turner. Um cenário que coloca em cima da mesa a possibilidade de uma final 100 por cento portuguesa. Para já, certo é que este quarteto vai entrar na etapa final com reais possibilidades de conseguir a qualificação para as Challenger Series 2022, para onde apenas se apuram as sete melhores do ranking europeu – mais um wildcard.

    Se do lado feminino o domínio foi português, nos homens foi a França a estar em plano de evidência. Na primeira meia-final vão estar frente a frente os gauleses Gathien Delahaye e Gaspard Larsonneur, enquanto na outra meia-final enfrentam-se o basco Adur Amatriain e o marroquino Ramzi Boukhiam. A chamada está marcada para as 8 horas locais, ou seja, 6 horas em Portugal Continental.

    UPCOMING SEAT PRO NETANYA WOMEN’S SEMIFINAL MATCHUPS:
    SF 1: Nadia Erostarbe (EUK) vs. Francisca Veselko (PRT) 
    SF 2: Teresa Bonvalot (PRT) vs. Ellie Turner (GBR) 

    UPCOMING SEAT PRO NETANYA MEN’S SEMIFINAL MATCHUPS:
    SF 1: Gatien Delahaye (FRA) vs. Gaspard Larsonneur (FRA) 
    SF 2: Adur Amatriain (EUK) vs. Ramzi Boukhiam (MAR) 

    SEAT PRO NETANYA WOMEN’S QUARTERFINAL RESULTS:
    QF 1: Nadia Erostarbe (EUK) 13.00 def. Garazi Sanchez-Ortun (EUK) 10.16
    QF 2: Francisca Veselko (PRT) 11.76 def. Yolanda Hopkins (PRT) 11.70
    QF 3: Teresa Bonvalot (PRT) 10.80 def. Mafalda Lopes (PRT) 6.50
    QF 4: Ellie Turner (GBR) 11.83 def. Tessa Thyssen (FRA) 8.04

    SEAT PRO NETANYA MEN’S QUARTERFINAL RESULTS:
    QF 1: Gatien Delahaye (FRA) 13.67 def. Maxime Huscenot (FRA) 12.17
    QF 2: Gaspard Larsonneur (FRA) 11.50 def. Thomas Debierre (FRA) 10.56
    QF 3: Adur Amatriain (EUK) 14.00 def. Jorgann Couzinet (FRA) 8.67
    QF 4: Ramzi Boukhiam (MAR) 13.10 def. Lucas Silveira (BRA) 12.33

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Outras Notícias Relacionadas