Homepage

  • Mick Fanning: 'Sempre ambicionei ter um wildcard para Bells Beach'
    29 março 2022
    arrow
  • O três vezes campeão mundial é um apaixonado pelo icónico surf spot australiano, onde viveu momentos marcantes durante a sua gloriosa carreira. "Amo tudo o que está relacionado com Bells."
  • É a notícia do dia no que toca ao planeta Championship Tour (CT).  E que notícia é esta! O lendário Mick Fanning foi contemplado com um wilcard para competir no Rip Curl Pro Bells Beach, a quarta etapa da temporada regular de 2022 do circuito mundial de surf.

    Eugene volta a fazer uma pausa na reforma, mas desta vez para vestir a licra na praia que tanto significado tem na fantástica carreira que construiu. Foi na mais antiga etapa do CT que Fanno venceu pela primeira vez na divisão máxima do surf mundial. Estávamos em 2001 e esse triunfo foi o culminar de uma caminhada que começou graças à atribuição de um wildcard, aquilo que também vai desfrutar em breve.

    Depois, já com três títulos mundiais no bolso, foi em Bells que Mick colocou um ponto final na gloriosa carreira. Foi em 2018, faz quatro anos no próximo dia 4 de abril, na emotiva final diante do brasileiro Ítalo Ferreira, que conquistou ali a sua primeira etapa mundialista.

    Agora, a vida do já quarentão Mick Fanning é outra, mas o consagrado 'aussie' não esconde o simbolismo do momento que vai viver. Até porque há muito que suspirava pelo mesmo.

    "Estou bastante entusiasmado! Bells Beach é o wildcard que sempre quis. O ano passado competi em Narrabeen, mas o wildcard em Bells era aquele que ambicionava. É um lugar que está muito perto do meu coração", começou por dizer Fanning em comunicado oficial da World Surf League (WSL).

    E os elogios a este icónico spot continuam. "Pessoalmente, gosto bastante da onda de Bells. Seja pela velocidade da mesma e por ser um point break de direita. Amo tudo o que está relacionado com Bells Beach. Desde a história, passando pelas falésias e as reuniões que temos no parque de estacionamento", disse o australiano.

    Ao longo da sua carreira, o três vezes campeão mundial tocou por quatro ocasiões o sino mais conhecido do surf mundial. No que diz respeito ao setor masculino é o surfista mais laureado naquela latitude a par de dois outros gigantes deste desporto: Kelly Slater e Mark Richards.

    Competidor por natureza, Mick Fanning tem vontade em fazer história. Ainda assim, a principal prioridade é outra, pelo menos publicamente. "Durante a minha carreira estive muito perto dessa quinta vitória, mas agora só quero estar focado em fazer uma boa exibição. Quando estava no CT, o meu processo de treino era ininterrupto. Desta feita, estou apenas concentrado no meu surf e em assegurar que consigo estar ao nível dos melhores do mundo", explicou. 

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Outras Notícias Relacionadas