Homepage

  • Dia curto e com triunfo português no arranque do Pro Netanya
    15 março 2022
    arrow
  • Previsões não são animadoras para os próximos dias, prevendo-se mar pequeno.
  • Foi um arranque tímido, esta terça-feira, no SEAT Pro Netanya, primeira prova de 2022 do QS europeu e antepenúltima da temporada 2021/22, onde mais de uma dezena de portugueses estão em prova. Um dia com apenas oito heats disputado nas pequenas ondas de Kontiki Beach, onde apenas um português esteve em ação. E com sucesso! Este foi um dia dedicado apenas à prova masculina, com as menina a terem folga.

    Depois de uma primeira ronda com apenas quatro heats e sem qualquer português presente, dedicada a surfistas israelitas menos cotados no seeding e alguns ilustres surfistas com inscrições tardias no evento, a ação avançou para a ronda 2, onde se realizaram apenas quatro dos oito heats previstos. E, aí, a armada lusa estreou-se em prova por intermédio do jovem Rafael Silva.

    Inserido no heat 2, Rafael Silva teve uma luta intensa com o israelita Dor Bitton pela primeira posição. O triunfo acabou por sorrir ao surfista português por apenas 0,03 pontos, depois de ter somado 8,03 pontos contra apenas 8 de Bitton, que também seguiu em frente. Pelo caminho ficaram os israelitas Yonatan Chen, com 5,97 pontos, e Matan Waxman, com apenas 2,20 pontos.

    Alguns minutos e dois heats depois do sucesso de Rafael Silva rumo à ronda 3 a ação seria terminada, devido às condições do mar cada vez mais deterioradas. Dessa forma, Gabriel Ribeiro, o outro português presente nesta ronda, viu a sua estreia adiada. No entanto, já sabe que vai ter a companhia do francês Nicolas Paulet e dos israelitas John John Rabinovitch e Sun Malka no oitavo e último heat da ronda 2.

    Entre os destaques do dia esteve o francês Tim Bisso, que venceu as duas baterias em que esteve presente. Mas foi na ronda inaugural que mais brilhou, depois de ter somado 14,50 pontos. Outros dos surfistas em evidência na ronda inaugural foram os brasileiros Alex Ribeiro e Edgard Groggia, que fez a melhor onda (9,17) e melhor score (17,24) do dia.

    Apesar de ter sido um dia curto, com a ação a arrancar apenas ao início da tarde, esta jornada já deu para decifrar alguns dos adversários dos portugueses na ronda 3 masculina. No heat 2 Pedro Henrique enfrenta o espanhol Vicente Romero e os israelitas Ido Hagag e Zur Arkin. Enquanto no heat seguinte, Rafael Silva mede forças com um trio basco composto por Ruben Vitoria, Yago Dominguez e Markel Vizcarguenaga.

    No heat 4 será a vez de Francisco Almeida, melhor português do ranking, entrar em cena frente aos franceses Gaspard Larsonneur e Noa Dupou e ainda ao israelita Dor Bitton. No heat 7 Luís Perloiro defronta os franceses Mathis Crozon e Charly Quivront e ainda o britânico Stanley Norman, enquanto no heat 8 Guilherme Fonseca mede forças com os franceses Thomas Debierre e Luan Nogues e o israelita Elay Bochan. Já Guilherme Ribeiro e Afonso Antunes ainda esperam pelo desfecho dos restantes heats da ronda 2 para conhecerem todos os adversários nos seus heats.

    Para esta quarta-feira é esperada a melhoria das condições, pelo menos em termos de vento, embora o mar deva permanecer pequeno. O call está marcado para as 7 horas locais, ou seja, 5 horas em Portugal Continental. Isto numa altura em que a organização tenta avançar o máximo possível com a prova em virtude das fracas previsões, com uma flatada no horizonte. Ainda assim, o facto de este evento ter um período de espera de 13 dias, que vai até 27 de Março, dá alguma margem de manobra.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Outras Notícias Relacionadas