Homepage

  • Pro Júnior Europeu de regresso aos Açores
    08 março 2022
    arrow
  • Prova açoriana acontece dias depois da Etapa de Espinho.
  • A luta pelos títulos europeus da categoria júnior vai passar em 2022 novamente pelos Açores. Apesar de ainda ser um calendário provisório, no site da WSL já é possível ver uma etapa masculina e feminina deste circuito marcada para meados de Setembro deste ano.

    Depois de ter recebido uma etapa deste circuito em 2019, a ilha de São Miguel volta a receber os melhores juniores europeus, de 16 a 18 de Setembro. A ação deverá acontecer na Praia dos Areais de Santa Bárbara, em Ribeira Grande, que tem sido o palco de todas as provas que por ali passam.

    Fica apenas a dúvida se em 2022, ano que marca o regresso do circuito nacional de surf aos Açores, em termos internacionais São Miguel irá contar apenas com este Pro Júnior. Isto porque no ano passado, ali mesmo, houve lugar um importante QS5000 do circuito de qualificação Europeu. Contudo, este regresso ao calendário júnior, poderá significar o final, pelo menos temporário, desse QS.

    Dessa forma, Portugal irá contar com duas paragens num circuito que, para já, conta com cinco etapas. No mesmo mês de Setembro, mas antes de chegar aos Açores, o circuito passa também por Espinho, como já é tradição. A prova nortenha está marcada para acontecer de 30 de agosto a 4 de Setembro.

    Além das duas etapas portuguesas, o circuito, que deverá arrancar em Maio, com etapas em La Torche, França, e Ferrol, Espanha. Depois de uma pausa de verão, a ação regressa em Setembro no nosso país e o circuito irá terminar em Outubro, com mais uma etapa em França, desta feita em Hossegor.

    Após duas temporadas marcadas fortemente pela pandemia, o ano de 2022 deverá marcar o regresso em força do circuito Pro Júnior Europeu, com uma grande novidade em cima da mesa. A WSL decidiu recuar nas idades deste escalão, que volta a contar com surfistas Sub-20. Assim, surfistas como a campeã nacional Kika Veselko, Afonso Antunes ou Joaquim Chaves ainda se manterão nesta categoria.

    Dessa forma, Portugal irá contar com nomes fortes no ataque aos títulos e à qualificação para o Mundial Júnior da categoria, que também está de regresso após dois anos de ausência e que acontecerá no final do ano, em local ainda a definir pela WSL.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Outras Notícias Relacionadas