Homepage

  • John John rendido a João Chianca: 'O tubo foi incrível. Parece que conhece bem este tipo de onda'
    03 fevereiro 2022
    arrow
  • Após o embate fratricida nos oitavos-de-final do Billabong Pro Pipeline, Florence mostrou-se rendido ao talento do rookie e não escondeu ter sinto algum nervosismo por defrontar Chianca, uma segunda vez em Pipe num curto espaço de dias.
  • Até ao momento, uma das melhores baterias do Billabong Pro Pipeline, prova que abre a temporada de 2022 do Championship Tour, colocou frente a frente John John Florence e o rookie João Chianca, nos oitavos-de-final.

    Nas insanas tubulares ondas de Pipe, o duelo foi bastante intenso. John John, grande especialista da onda rainha do surf mundial, acabou por levar a melhor com duas notas na casa da excelência, mas o irmão de Lucas Chumbo vendeu bem cara a derrota. O surfista brasileiro assinou neste compromisso a melhor nota de toda prova, até ao momento. Um tubaço que foi pontuado com 9,87 pontos.

    Durante aqueles 40 minutos, João meteu em sentido um dos maiores nome do surf mundial na atualidade e logo na sua arena de eleição. Curiosamente, já na ronda 1 estes dois atletas haviam medido forças, naquele que foi o primeiro heat da carreira de Chianca no CT. Nele também participou Jadson André. 

    Após o embate fratricida nos oitavos-de-final, John John Florence mostrou-se rendido à performance plasmada pelo rookie em Pipeline e não escondeu ter sentido algum nervosismo por defrontar João Chianca, uma segunda vez em Pipe num curto espaço de dias. 

    "Foi uma bateria difícil. A onda do João foi incrível. Estava na primeira fila e vi tudo. Fiquei contente e chateado ao mesmo tempo. No outro dia, tivemos um bom heat. Ambos conseguimos bons scores. Estava um pouco nervoso por defrontar novamente o João, uma vez que estava em altas. Parece que conhece bem este tipo de onda. Por isso, sabia que também ia apanhar boas ondas quando estas chegassem", explicou o bicampeão mundial de surf em comunicado oficial da World Surf League (WSL).

    Recorde-se que já o ano passado, John John teve de se haver com rookies. Na altura, Morgan Cibilic provocou a surpresa ao derrotar por duas vezes consecutivas o atleta havaiano durante a perna australiana. Agora, foi um outro estreante a dar que fazer, mas o surfista de 29 anos foi bem-sucedido na sua missão. Pelo menos, neste primeiro assalto. 

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram