Homepage

  • Dois portugueses com wildcard para o CT de Peniche
    24 fevereiro 2022
    arrow
  • Barron Mamiya e Caio Ibelli mantêm-se no draw fruto da performance no Havai.
  • A World Surf League anunciou esta quinta-feira os heats da ronda inaugural do MEO Pro Portugal, ficando-se, assim, também a conhecer os wildcards para a terceira etapa do circuito mundial de surf. Vasco Ribeiro e Afonso Antunes são dois dos surfistas convidados, juntando-se a Frederico Morais na prova masculina.

    Com várias lesões entre o elenco da elite do surf mundial, destaque para o regresso do australiano Ryan Callinan em relação às etapas havaianas. Contudo, os brasileiros Gabriel Medina e Yago Dora, o costarriquenho Carlos Muñoz e o australiano Liam O’Brien continuam de fora por lesão. Uma realidade que abriu vagas extra para a etapa de Supertubos, que vai acontecer de 3 a 13 de Março.

    Dessa forma, além dos dois wildcard que existem por cada etapa, sobraram ainda mais quatro vagas do lado maslculina. A primeira foi para o sul-africano Matthew McGillivray, tal como já havia acontecido no Havai, uma vez que tem o estatuto de suplente do CT. O jovem sul-africano é o substituto de Yago Dora.

    Outras duas vagas foram para surfistas com grandes performances no Havai, o brasileiro Caio Ibelli, que está no top 5 mundial, e o havaiano Barron Mamiya, que é o líder do ranking mundial de forma surpreendente, depois de ter vencido a etapa de Sunset. Ambos estão na luta pelos lugares do topo do ranking e praticamente garantidos no CT de 2023, o que justifica as opções.

    A quarta vaga acabou por sorrir ao campeão nacional e europeu em título, Vasco Ribeiro, que vai para a quinta presença em Supertubos e que tem como melhor registo o 3.º posto alcançado na estreia, em 2015. Depois, o wildcard da organização (MEO) foi para o jovem Afonso Antunes, que vai ter a oportunidade de se estrear frente aos melhores surfistas do Mundo.

    Por fim, o wilcard da Rip Curl, marca que também patrocina o evento, vai novamente para um surfista internacional. Desta feita, o sortudo foi o francês Justin Becret. Antes de Becret a Rip Curl já tinha dado o wildcard a vários surfistas estrangeiros, como os norte-americanos Corsby Colapinto e Dillon Perillo, os brasileiros Samuel Pupo e Bruno Santos, o havaiano Mason Ho ou o australiano Jacob Willcox.

    Do lado feminino, com a ausência da norte-americana Caroline Marks, a vaga extra disponível foi para a australiana Bronte Macaulay, que usufrui do estatuto de suplente do CT feminino. O único wildcard disponível foi, então, entregue pela Rip Curl à norte-americana Tia Blanco, cujo maior feito do currículo foi ter vencido recentemente o reality show The Ultimate Surfer, criado pela WSL. De fora fica a havaiana Moana Wong, que venceu a primeira etapa da temporada como wildcard, iniciando a temporada como líder mundial – estatuto, entretanto, perdido para Brisa Hennessy.

    No ano passado a escolha recaiu sobre a havaiana Alana Blanchard, naquele que foi o regresso do circuito mundial feminino a Peniche, depois de uma ausência de praticamente 10 anos. Este ano, tal como no ano passado, não haverá qualquer surfista portuguesa em prova em Peniche, mesmo que Teresa Bonvalot, uma das melhores surfistas nacionais na atualidade, seja, curiosamente, patrocinada pela Rip Curl.

    Em relação à distribuição das baterias, os surfistas portugueses vão estar em ação a meio da ronda inaugural. O primeiro a entrar em cena será Vasco Ribeiro, que está no heat 4, com a companhia dos brasileiros Italo Ferreira e Jadson Andre. No heat 6 será a vez de Afonso Antunes entrar em ação, medindo forças com o japonês Kanoa Igarashi, que chega a Peniche como número um do seeding, e o rookie australiano Callum Robson.

    Já Frederico Morais, que está a cair no seeding, depois de ter sido eliminado na ronda 3 em ambas as etapas havaianas, vai competir no heat 7, onde terá pela frente o norte-americano Conner Coffin e o brasileiro Caio Ibelli, um dos surfistas em maior destaque neste arranque de temporada. Os dois primeiros de cada bateria avançam diretamente para a ronda 3, enquanto os terceiros caem para a ronda de repescagem.

    Do lado feminino o heat de maior destaque é o número 3, onde está a campeã mundial e olímpica Carissa Moore, que detém o número um do seeding. A surfista havaiana vai ter pela frente a australiana e sete vezes campeã mundial Stephanie Gilmore, sua grande rival, e também a wildcard Tia Blanco.

    Heats da ronda inaugural masculina:

    H1: Jordy Smith (AFS) x Jake Marshall (EUA) x Jackson Baker (AUS)
    H2: Kelly Slater (EUA) x Samuel Pupo (BRA) x Imaikalani deVault (HAV)
    H3: Seth Moniz (HAV) x Lucca Mesinas (PER) x Owen Wright (AUS)
    H4: Italo Ferreira (BRA) x Jadson Andre (BRA) x Vasco Ribeiro (PRT)
    H5: Filipe Toledo (BRA) x Connor O’Leary (AUS) x Justin Becret (FRA)
    H6: Kanoa Igarashi (JAP) x Callum Robson (AUS) x Afonso Antunes (PRT)
    H7: Conner Coffin (EUA) x Frederico Morais (PRT) x Caio Ibelli (BRA)
    H8: John John Florence (HAV) x Ezekiel Lau (HAV) x Matthew McGillivray (AFS)
    H9: Ethan Ewing (AUS) x Deivid Silva (BRA) x Barron Mamiya (HAV)
    H10: Jack Robinson (AUS) x Leonardo Fioravanti (ITA) x João Chianca (BRA)
    H11: Morgan Cibilic (AUS) x Miguel Pupo (BRA) x Ryan Callinan (BRA)
    H12: Griffin Colapinto (EUA) x Kolohe Andino (EUA) x Nat Young (EUA)

    Heats da ronda inaugural feminina:

    H1: Johanne Defay (FRA) x Bettylou Sakura Johnson (HAV) x Courtney Conlogue (EUA)
    H2: Brisa Hennessy (CRC) x Isabella Nichols (AUS) x Bronte Macaulay (AUS)
    H3: Carissa Moore (HAV) x Stephanie Gilmore (AUS) x Tia Blanco (EUA)
    H4: Tatiana Weston-Webb (BRA) x Gabriela Bryan (HAV) x Molly Picklum (AUS)
    H5: Malia Manuel (HAV) x Tyler Wright (AUS) x Luana Silva (HAV)
    H6: Sally Fitzgibbons (AUS) x Lakey Peterson (EUA) x India Robinson (AUS)

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram