Homepage

  • Quatro antigos vencedores do Haleiwa Challenger vão estar em prova
    24 novembro 2021
    arrow
  • Um lote restrito ao qual curiosamente não pertence nenhum surfista brasileiro, a força dominante do CT nos últimos tempos.
  • É já na próxima sexta-feira que abre a janela de espera do Haleiwa Challenger, campeonato que vai fechar o circuito Challenger Series de 2021 e determinar que surfistas vão obter a qualificação para o Championship Tour do próximo ano.

    Esperam-se por isso emoções fortes numa das ondas de eleição do magnífico North Shore da ilha havaiana de Oahu, um evento que até 2019 era uma das três etapas da mítica Triple Crown havaiana, quando esta ainda era feita no formato tradicional e não no digital. Nessa altura, o campeonato habitualmente disputava-se um pouco mais cedo no mês de novembro.

    Para felicidade de nós portugueses, o último surfista a gritar vitória em Haleiwa foi Frederico Morais. Faz esta quarta-feira, dia 24 de novembro, dois anos desse estrondoso feito, que catapultou Kikas para o CT, bem como para a inédita vitória no circuito mundial de qualificação (WQS) de 2019. 

    Desta vez, Frederico não vai marcar presença em Haleiwa para defender o título de campeão, apesar de inicialmente ter estado inscrito na prova. Por estes dias, está a gozar umas merecidas férias no Dubai. A participação portuguesa estará cingida a quatro surfistas: Vasco Ribeiro, Yolanda Hopkins, Teresa Bonvalot e Carolina Mendes. Todos ainda com chances de alcançarem o Mundial de Surf em 2022. 

    Não estará o ainda titular do trono, mas vão estar presentes um punhado de surfistas que também sabem o que é subir ao lugar mais alto do pódio neste tradicional campeonato havaiano, cuja final não é disputada a dois, mas sim a quatro, o que causa sempre dificuldades acrescidas no line-up. Um lote restrito ao qual curiosamente não pertence nenhum surfista brasileiro, a força dominante do CT nos últimos tempos e que apenas venceu por uma vez este evento. Obra de Filipe Toledo em 2017.

    A saber os surfistas que já venceram em Haleiwa e vão vestir a licra de competição nos próximos dias: Sebastian Zietz, Michel Bourez, Wade Carmichael e John John Florence.

    O mais antigo vencedor é Michel Bourez, que encontrou nesta onda do Pacífico Norte um dos locais prediletos para expressar o seu surf na plenitude máxima. Ali, o veterano surfista já venceu por duas vezes. A primeira vitória aconteceu em 2008, quando estava a caminho do apuramento para o CT. Depois bisou em 2013, já como atleta de pedra e cal na elite mundial.

    Depois de Bourez, o mais velho dos vencedores que vai estar em ação é Sebastian Zietz. Em 2012, o havaiano conquistou o então denominado Reef Hawaiian Pro, numa final em que derrotou entre outros, um jovem John John Florence. Esta foi uma vitória que deu o mote para que Zietz conquistasse a Triple Crown dessa campanha e foi igualmente decisiva para a qualificação para o CT de 2013. Depois, Seb só viria a deixar a elite do surf mundial no final de 2019.

    Quanto a John John Florence, triunfou em 2016, na tal final em que teve o mesmo score combinado que Frederico Morais. Nesse ano, John John arrecadou não só a Triple Crown, mas também o primeiro de dois títulos mundiais que possui.

    Um ano antes, havia sido o australiano Wade Carmichael a superiorizar-se à feroz concorrência. No heat de todas as decisões, o natural de Avoca Beach suplantou o brasileiro Filipe Toledo e os havaianos Zeke Lau e Dusty Payne.

    No reduto masculino, 80 surfistas vão competir neste Haleiwa Challenger. Teremos um novo nome a adicionar ao prestigiante quadro de honra ou teremos um antigo campeão a levar a melhor? No caso de alguns dos que já venceram, que importante seria nova vitória para meterem-se no CT de 2022. Aguardemos pelo desenrolar do campeonato...

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram