Homepage

  • Josh Moniz: “Após 20 minutos já estava uma pessoa da WSL na praia”
    24 novembro 2021
    arrow
  • Havaiano explicou o processo de regresso ao Havai e a recuperação que pode ir até 8 meses fora de água...
  • Josh Moniz foi protagonista de um acidente peculiar no passado mês de outubro enquanto surfava em Supertubos. Quando nada o fazia prever, o experiente competidor havaiano sofreu um wipeout num dos tubos que surfou e foi atirado para o hospital. Josh bateu com força no fundo, sofrendo uma lesão grave na coluna. O surfista foi operado em Portugal e só depois regressou ao Havai, onde está agora em processo de recuperação. Apesar do susto e do longo caminho que parece ter pela frente para regressar à água, Josh Moniz garante que está a recuperar bem e que já anda sozinho desde esta semana.

    Em entrevista ao site da WSL, Josh Moniz mostrasse otimista em relação à recuperação à lesão sofrida na coluna, que o obrigou a ser operado em Portugal. “Após a cirurgia não conseguia colocar de pé. Ainda sentia algumas dores, devido aos danos que o impacto do wipeout provocou nos nervos. No entanto, agora já me aguente bem de pé e desloco-me sozinho, sem ajuda. Sinto-me muito bem. Esta semana foi a primeira em que me senti a 100 por cento em termos de me mover independentemente”.

    “Faço fisioterapia todos os dias e descanso aos fins-de-semana. É como se a fisioterapia fosse a minha nova casa. Está a correr bem. Esta semana já comecei a pegar em alguns pesos. Nada de muito pesado, mas foi dito pelo cirurgião que já poderia levantar algum peso. Também faço um pouco de bicicleta estática para tentar libertar mais os ombros. Os danos nos nervos tiveram mais impacto na zona das omoplatas, onde ainda sinto alguma rigidez. Tento fazer o máximo que posso, sem exagerar”, explicou.

    Sobre o tempo de recuperação, Josh ainda não sabe quando vai regressar à água, mas poderá ficar até mais oito meses sem surfar. “Até agora ainda não me deram um prazo exato para regressar à água, mas já me falaram num período que pode ir de quatro a oito meses. Na minha cabeça, penso em oito meses. Penso que no próximo mês já me vão dizer o tempo exato. Pela forma como estou a recuperar espero regressar à água o mais depressa possível. E mesmo que não seja assim tão cedo estou bem com isso”, sublinhou.

    Josh Moniz lembrou ainda os tempos em que teve de voltar a aprender a andar no hospital. “Foi o maior choque que alguma vez tive. Foi estranho porque o meu cérebro não sabia o que fazer. Ficava a rir quando me diziam o que tinha de fazer. Cheguei a pensar que ia ser a recuperação mais longa de sempre. Penso que este mês foi o mais duro e agora tudo está a encaminhar-se”, admitiu.

    Em Portugal, passou sete dias no hospital público e foi posteriormente para um hospital privado. Teve a companhia da namorada e da mãe por cá e, depois de alguns dias de repouso, regressou ao Havai. Com apenas uma escala em Newark, Josh admite que esperava que a viagem fosse pior, mas que tudo correu pelo melhor até chegar a casa.

    Por fim, o surfista havaiano agradeceu a todos o que ajudaram naquele momento. “Apenas 20 após o acidente já havia alguém da WSL na praia. Agradeço a todos, sobretudo ao Reo Inaba, ao Mason Ho e ao Nick Wapner, que foram os primeiros a vir em meu socorro. Foram eles que me salvaram a vida e vou estar eternamente agradecidos a eles. Foi incrível o apoio que recebi de todos, desde Portugal até todos os pontos do Mundo”, rematou.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Outras Notícias Relacionadas