Homepage

  • Nota 10 de Mafalda Lopes marca dia positivo para a armada lusa nos Açores
    03 novembro 2021
    arrow
  • Portugal segue firme neste QS com 10 atletas ainda em prova, cinco do lado masculino e cinco do lado feminino...
  • Os Areais de Santa Bárbara, na ilha de São Miguel, proporcionaram, esta quarta-feira, novamente ondas de qualidade aos melhores surfistas europeus, com este terceiro dia de prova do Azores Airlines Pro a ser bastante positivo para a armada lusa, sobretudo do lado feminino. O dia fechou mesmo com chave de ouro para as cores nacionais, com Mafalda Lopes a carimbar o quinto triunfo português na ronda 2, graças a um aéreo que foi pontuado com nota 10!

    Ao todo, após três dias de ação e com esta importante prova do QS europeu a avançar rapidamente para as rondas decisivas, a armada lusa ainda conta com 10 representantes em jogo, cinco do lado masculino, num total de 32 ainda em prova, e mais cinco do lado feminino, onde já só restam 16 surfistas às portas dos quartos-de-final. A jornada de hoje foi, assim, um bom prenúncio para as decisões deste QS5000 masculino e QS3000 feminino de grande importância para as contas do apuramento para as Challenger Series de 2022.

    A prova retomou esta manhã com os restantes 10 heats da ronda 3 masculina, depois de na véspera o balanço ter sido bem positivo. Com Guilherme Fonseca, Pedro Henrique e Francisco Almeida a já terem conseguido a qualificação para a ronda 4, no dia de hoje coube a Vasco Ribeiro e Guilherme Ribeiro juntarem-se aos compatriotas nesta fase. Pelo caminho ficaram Joaquim Chaves, o wildcard Diogo Viegas, Jácome Correia e Eduardo Fernandes.

    Vasco estreou-se em prova apenas esta quarta-feira, uma vez que beneficiou do estatuto de número um do seeding para entrar direto para esta fase. A defender o título de campeão europeu neste circuito, o campeão nacional em título mostrou-se em bom nível, somando 12,17 pontos, com uma nota de 7,57 pontos pelo meio, que lhe garantiram um triunfo fácil. Neste mesmo heat, Diogo Viegas (4,86) ficou pelo caminho, assim como o russo Nikita Avdeev (5,24), enquanto o britânico Logan Nicol seguiu em frente.

    O único português a seguir o exemplo de Vasco Ribeiro, foi o jovem Guilherme Ribeiro, que esteve em último praticamente até ao fim do heat 11, virando a situação já na última onda. Com a bateria a ser vencida pelo francês Charly Quivront, com 11,83 pontos, os 9 pontos de Gui foram suficientes para carimbar a passagem à próxima fase, com o alemão Tim Elter e o francês Leo Paul Etienne a ficarem pelo caminho.  

    Depois dos homens, foi a vez de as mulheres entrarem em ação, com muitas as top seeds em estreia nos Açores. E o começo não poderia ter sido melhor para as surfistas portuguesas com três triunfos nos três primeiros heats, com pontuações e performances bem convincentes. Primeiro foi Kika Veselko a vencer o heat inaugural, graças a um score de 13,10 pontos, num heat em que Camila Cardoso ficou pelo caminho. Seguiu-se Yolanda Hopkins com uma vitória folgada, com uma pontuação de 14,27 pontos, mesmo com uma prancha partida a meio do heat. De seguida foi Teresa Bonvalot a seguir o exemplo das compatriotas ao somar 12,30 pontos.

    Os triunfos só regressaram mais para o final da ronda e da tarde, sendo que pelo meio Portugal perdeu o contributo da jovem Gabriela Dinis de forma muito inglória. Gaby até conseguiu a melhor onda da bateria número 4, com 7,03 pontos, mas ficou a necessitar de uma segunda onda média, perdendo a disputa para a francesa Maud Le Car por ínfimos 0,04 pontos, com a basca Nadia Erostarbe a sair vitoriosa.

    A redenção nacional surgiu depois por intermédio de Carolina Mendes, que venceu o heat 7 com um score de 10 pontos. Por fim, na derradeira bateria do dia Mafalda Lopes também conseguiu 10 pontos, mas só numa onda. Foi com um aéreo de frontside bem conseguido que a jovem portuguesa convenceu os juízes, partindo para um triunfo sólido com 15,17 pontos, naquele que foi o melhor score do dia, numa bateria que também contava com a francesa e antiga campeã mundial júnior Vahine Fierro, que terminou no 2.º posto.

    “Foi incrível conseguir o meu primeiro 10 num lugar tão especial como este”, começou por dizer Mafalda. “Os Açores são como uma segunda casa para mim. O aéreo não era algo que estivesse à procura durante o heat, mas aquela secção era muito boa e veio na minha direção. Não podia desperdiçar a oportunidade de aproveitá-la”, frisou a surfista da Caparica e antiga campeã europeia júnior.

    Após um dia recheado de grandes performances em português, esta quinta-feira a prova deverá retomar novamente pelas 7H45 locais - 8H45 em Portugal Continental -, com mais swell no horizonte. Dessa forma, espera-se um dia muito emotivo e com a decisão das primeiras vagas para as fases man-on-man deste Azores Airlines Pro.

    Do lado masculino Francisco Almeida e Pedro Henrique estão juntos no heat 1 da ronda 4, onde terão a companhia do francês Marc Lacomare e do canário Luis Diaz. Segue-se, no heat 2, o embate de Guilherme Fonseca com o trio gaulês composto por Charly Martin, Thomas Debierre e Tim Bisso. Já Vasco Ribeiro compete no heat 4 frente ao basco Ruben Vitoria, ao britânico Patrick Langdon-Dark e ao francês Marco Mignot, enquanto Guilherme Ribeiro mede forças com o brasileiro Ryan Kainalo e com os franceses Justin Becret e Adrien Toyon no heat 5

    Já do lado feminino, numa altura em que a armada lusa tem tantas representantes em prova como França e Espanha – todas com 5, contra 1 da Alemanha -, Yolanda Hopkins e Kika Veselko cruzam-se no heat 1, onde também estão as francesas Tessa Thyssen e Maud Le Car. No heat 2 Teresa Bonvalot enfrenta as bascas Leticia Canales Bilbao e Nadia Erostarbe e ainda a alemão Rachel Presti. Por fim, no heat 4 estão Caroline Mendes e Mafalda Lopes, que terão a concorrência das francesas Pauline Ado e Hina-Maria Conradi. As duas primeiras de cada heat avançam para os quartos-de-final.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram