Homepage

  • Dia agridoce e de nevoeiro na Ericeira com a eliminação de Vasco Ribeiro
    05 outubro 2021
    arrow
  • As atenções nacionais ficam agora centradas em Yolanda, Carol e Teresa, que poderão voltar amanhã à água em Ribeira d’Ilhas.
  • Ribeirda d’Ilhas brindou a armada lusa com um dia agridoce, em mais uma jornada de alto nível no MEO Vissla Pro Ericeira, a segunda de quatro etapas das novas Challenger Series. Um feriado que parecia ter tudo para ser de festa, ondas as ondas não faltaram. Mas onde o nevoeiro também quis marcar presença para complicar a vida a público e organização. Com uma manhã perfeita do lado feminino, o dia acabou da pior forma com a eliminação de Vasco Ribeiro, deixando Portugal já sem representantes na ronda 3.

    A ação arrancou cedo pela manhã com Carolina Mendes a estar logo no primeiro heat da manhã. E as coisas começaram bem para as cores nacionais, com Carol a conseguir mostrar bom surf. À melhor onda do heat, com 6,77 pontos, a vice-campeã nacional juntou ainda outra onda de 5,07 pontos, que lhe permitiram vencer a bateria com 11,84 pontos.

    Depois de Yolanda Hopkins ter sido a única das três portuguesas em provas na véspera a conseguir seguir para a ronda 2, Carol seguia-lhe o exemplo, deixando a havaiana Keala Tomoda-Bannert no 2.º posto, com 10,50 pontos. Pelo caminho ficou a também havaiana Savanna Stone (10,47) e ainda a norte-americana Meah Collins (7,77).

    A ação prosseguiu a grande nível nas direitas de Ribeira e nos heats seguintes assistiu-se a algumas das melhores performances do dia, com destaque para os 15,50 pontos da australiana India Robinson e os 15,84 pontos da taitiana Vahine Fierro. No heat 14, que foi vencido pela japonesa Mahina Maeda, mesmo antes de Teresa Bonvalot entrar na água, aconteceu uma das grandes surpresas do dia, com a eliminação da jovem norte-americana Caitlin Simmers, que chegou à Ericeira como líder do ranking.

    Com heats muitos disputados até mesmo ao final e muitas decisões conhecidas já na areia, o heat de Teresa Bonvalot acabou por ser mais calmo, terminando com uma qualificação controlada por parte da surfista do Guincho. Os 10,36 pontos de Teresa não chegaram a incomodar o triunfo da havaiana Bettylou Sakura Johnson (13,93), mas foram mais que suficientes para eliminar a norte-americana e uma das principais estrelas deste circuito Kirra Pinkerton (5,60) e ainda a havaiana Brianna Cope (2,86).

    Estava, assim, fechada com chave de ouro a ronda inaugural feminina, onde Portugal colocou três surfistas na fase seguinte, perdendo apenas as duas wildcards na véspera e por muito, muito pouco. Na próxima fase, em que já só estarão 32 surfistas em prova, Yolanda Hopkins vai ser a primeira portuguesa a entrar na água, estando no heat 4 frente à australiana Freya Prumm e às japonesas Minami Nonaka e a Shino Matsuda.

    No heat 5 será a vez de Carolina Mendes medir forças com a costarriquenha e top mundial Brisa Hennessy, a basca Ariana Ochoa e ainda a japonesa Hinako Korukawa. Já no heat 7 vai competir Teresa Bonvalot, que enfrenta três surfistas já com bastante currículo e experiência: A australiana, antiga campeã mundial júnior e atual top mundial Macy Callaghan, a japonesa e também ex-campeã mundial júnior Mahina Maeda e ainda a ex-top mundial Chelsea Tuach, de Barbados. Em jogo está passagem aos oitavos-de-final, ou seja, à fase woman-on-woman, que garante desde logo um 9.º posto.

    A ação avançou a grande ritmo para a prova masculina e as surpresas começaram a multiplicar-se. O triunfo do brasileiro Deivid Silva no heat 1 da ronda 2 foi um caso raro entre os tops do CT. Isto porque em 10 heats realizados, dos 12 desta fase, ficaram pelo caminho cinco tops mundiais, com grande destaque para as eliminações de Kanoa Igarashi e ainda do campeão mundial de 2019 Italo Ferreira. Os australianos Connor O’Leary e Wade Carmichael e ainda o sul-africano Matthew McGillivray foram as outras baixas de peso.

    O antigo top mundial Nat Young foi um dos destaques do dia, até por ter sido o vencedor do heat em que Italo terminou no 4.º e último posto. Outros dos autores das melhores performances da jornada foram os jovens brasileiros Mateus Herdy, Samuel Pupo e João Chianca, o norte-americano Cole Houshmand e o australiano Cooper Chapman. Uma jornada em que vários surfistas mostraram alto nível de surf e que só não deu mais espetáculo por culpa do nevoeiro.

    Foi mesmo antes de Vasco Ribeiro entrar na água no heat 9 que a organização foi obrigada a parar a prova durante largos minutos devido ao nevoeiro, retomando-a já depois das 17 horas. Apesar de ter começado a todo o gás, com uma onda de 8 pontos, Vasco acabou por colher a fava de um dos heats mais emocionantes do dia. Os 13,27 pontos somados ainda fizeram sonhar os portugueses presentes na praia, mas o francês Kauli Vaast chegou à reta final da bateria com 13,93. Nos últimos segundos o australiano Jackson Baker virou tudo do avesso, ao somar uma nota de 8,53 pontos, que o catapultou para o primeiro lugar, com 15,80 pontos e o melhor score do dia. Um cenário que tirou Vasco de prova de forma inglória.

    Uma derrota na ronda 2 que pouca ajuda as ambições de Vasco Ribeiro neste circuito, onde é o único português a correr todas as etapas no masculino. Depois de cair na ronda 3 na etapa inaugural na Califórnia, Vasco fica agora com as contas complicadas, necessitando de dois bons resultados nas duas últimas etapas, em França e Haleiwa (Havai). Só assim poderá sonhar com uma qualificação para o circuito mundial de 2022.

    As atenções nacionais ficam agora centradas em Yolanda, Carol e Teresa, que poderão voltar amanhã à água em Ribeira d’Ilhas. A chamada para quarta-feira está marcada para as 7H35, devendo ser retomada com a prova masculina, para a realização dos dois heats em falta da ronda 2. Um dia que se prevê bem emotivos nas famosas direitas da Ericeira.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Outras Notícias Relacionadas