Homepage

  • Após muita espera, Kikas soma e segue em França
    22 outubro 2021
    arrow
  • Australiano Jordan Lawler é o adversário que se segue no caminho de Kikas, com os quartos-de-final em jogo
  • Hossegor ofereceu um dia curto mas muito emotivo, esta sexta-feira, numa jornada que ajudou a definir os surfistas que avançaram para os oitavos-de-final da terceira e penúltima etapa do novo circuito Challenger Series. E Portugal continua em jogo, depois de mais um triunfo de Frederico Morais, que se apurou, assim, para aquele que deverá ser o dia final da prova francesa.

    Após muita espera e várias chamadas, a prova só foi retomada ao início da tarde. Depois de um dia de pausa na quinta-feira, devido à tempestade, o mar demorou a acertar. Mas valeu a pena a espera, com a organização a colocar na água os oito heats da ronda 3 masculina em condições desafiantes, enquanto a prova feminina, que já está à porta dos quartos-de-final, ficou novamente parada.

    Com os primeiros duelos a serem pautados por equilíbrio foi necessário esperar pelo último heat do dia, já ao final da tarde, para vermos novamente Kikas em ação. Apesar de não ter muito a ganhar neste circuito, a não ser forma e o prémio monetário, uma vez que já está qualificado para o CT 2022, Frederico voltou a mostrar-se em bom nível, somando novo triunfo.

    Numa bateria de sentido único e onde teve dois franceses pela frente, Kikas começou forte, como é seu timbre, e rapidamente colocou o score em 12,17 pontos, enquanto Michel Bourez, apoiado pelo “manager” Tiago Pires e Jorgann Couzinet sentiam muitas dificuldades para encontrar ondas com potencial. O duelo gaulês pela segunda posição só se decidiu nos últimos segundos, com Morais bem tranquilo e já com o triunfo assegurado, caindo para o lado da experiência de Bourez.

    Após ter conseguido a melhor performance do dia na quarta-feira, Frederico voltou a mostrar-se muito eficaz nas ondas do sudoeste francês, garantindo a qualificação para os oitavos-de-final e afirmando-se como um dos grandes candidatos ao triunfo. Isto com a prova a poder terminar este sábado. Nos oitavos-de-final o surfista português compete no heat 8 frente ao australiano Jordan Lawler.

    Nos outros heats destaque para a grande performance de Kanoa Igarashi, que fez o melhor score do dia, com 16,27 pontos. Algo que o deixa cada vez mais perto da cada vez mais “polémica” dupla qualificação. Em sentido inverso, o brasileiro Yago Dora e o australiano Wade Carmichael foram os dois tops do CT a ficarem pelo caminho. Quem também ficou pelo caminho foi o australiano Callum Robson, que se junta aos outros tops 10 do ranking que não se deram bem em França – Kanoa é o único resistente entre eles…

    Palavra ainda para a brigada brasileira, que coloca sete surfistas nos oitavos-de-final, contrariando o fraco início de circuito Challenger Series que teve. Alex Ribeiro, Jesse Mendes, Edgard Groggia, João Chianca, Mateus Herdy, Lucas Silveira e Samuel Pupo vão tentar o regresso do Brasil aos pódios. Isto depois de nenhum brasileiro ter chegado a França dentro do cut de qualificação masculino. 

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Outras Notícias Relacionadas