Homepage

  • Ondas pesadas definem finalistas do MEO Vissla Pro Ericeira
    08 outubro 2021
    arrow
  • A chamada para o dia final está marcada para as 7 horas deste sábado!
  • O nevoeiro quis voltar a pregar mais uma partida à organização do MEO Vissla Pro Ericeira. Contudo, após este dar tréguas ao início da tarde, Ribeira d’Ilhas voltou a proporcionar direitas pesadas, ainda mais que na véspera, para mais um dia de grande nível de surf. Uma sexta-feira bem animada em que se realizaram os oitavos-de-final masculinos e ainda alguns heats dos quartos-de-final, com a armada australiana em destaque. Após mais um dia épico de ondas, ficaram já conhecidos os finalistas da etapa portuguesa das Challenger Series, que irá terminar amanhã.

    A ação arrancou bem cedo, com o “Ultimate Surfer” Zeke Lau a vencer o duelo frente ao peruano Lucca Mesinas, dando sequência ao excelente momento dos havaianos neste campeonato. Contudo, foi o único duelo a chegar ao fim pela manhã, uma vez que o nevoeiro interrompeu a ação a meio do segundo heat do dia. Só mais tarde o duelo entre João Chianca e o australiano Jordan Lawler foi retomado, com Lawler a dar a volta ao texto de forma imperial.

    A partir daqui o espetáculo foi sempre a subir e no heat 3 o ex-top mundial Nat Young protagonizou a melhor performance desta jornada, com um score de 19,30. O surfista norte-americano voltou a mostrar que se dá bem em Portugal, onde já fez uma final do CT e também venceu um campeonato do QS na Caparica, e utilizou o seu poderoso surf de backside para destruir completamente o adversário, o brasileiro Thiago Camarão.

    Outro experiente surfista a dar cartas na Ericeira, parecendo disposto a relançar o sonho de ser o primeiro latino a qualificar-se para o Tour é o costarriquenho Carlos Muñoz. Carlitos começou a bateria frente ao sempre perigoso japonês Hiroto Ohhara a todo o gás e no final soube resistir aos ataques do surfista nipónico, garantindo também uma vaga nos quartos-de-final, graças a um score de 16,33.

    Nos heats seguintes os scores baixaram um pouco, um pouco por influência da maré, com o australiano Jackson Baker a vencer um duelo muito equilibrado com o norte-americano Cole Houshmand. Tal como o compatriota Dylan Moffat fez frente ao brasileiro Samuel Pupo. No heat 7 o ex-top mundial Alejo Muniz contrariou o domínio aussie e venceu Callum Robson, tornando-se no único brasileiro a conseguir marcar presença nos quartos-de-final masculinos. Um cenário raro nos dias que correm…

    Por fim, o havaiano Imaikalani Devault voltou a mostrar-se muito à vontade nas direitas de Ribeira, vencendo o duelo com Josh Burke de Barbados. Com mais duas notas excelentes para a coleção que leva de Portugal, Devault somou 16,17 pontos e seguiu firme para a próxima fase, com o rótulo de surfista do campeonato. Mas será isso suficiente para chegar ao triunfo?

    Quando parecia que a prova iria terminar, a organização decidiu aproveitar as condições e avançar para mais heats dos quartos-de-final. Na primeira bateria Zeke Lau conseguiu uma vitória bem folgada frente a Jordan Lawler. E de seguida houve um duelo explosivo entre Nat Young e Carlos Muñoz. O costarriquenho começou mais forte, com uma nota excelentes. Mas Young não tardou em responder com uma onda de 9 pontos. Na reta final, após várias trocas de ondas incríveis, a balança caiu para o lado do surfista de Santa Cruz, na Califórnia, graças a uma segunda onda de 9,23 pontos.

    Foi com um heat que gerou fogo-de-artifício em Ribeira d’Ilhas que a ação chegou ao final, já com o sol a cair no horizonte. Após mais um dia épico de ondas, ficaram assim conhecidos os 14 surfistas que vão discutir o triunfo no MEO Vissla Pro Ericeira, segunda etapa do novo circuito Challenger Series, já este sábado. A chamada para o dia final está marcada para as 7 horas.  

    Meias finais masculinas

    H1: Zeke Lau (HAV) x Nat Young (EUA)
    H2: por definir

    Quartos de final masculinos

    H3: Jackson Baker (AUS) x Dylan Moffat (AUS)
    H4: Alejo Muniz (BRA) x Imaikalani Devault (HAV)

    Quartos de final femininos

    H1: Silvana Lima (BRA) x Pauline Ado (FRA)
    H2: Shino Matsuda (JAP) x Gabriela Bryan (HAV)
    H3: Brisa Hennessy (CRC) x Ariane Ochoa (ESP)
    H4: Bettylou Sakura Johnson (HAV) x Luana Silva Coelho (HAV)

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram