Homepage

  • Owen Wright estará de saída do CT ou já tem wildcard reservado!?
    29 setembro 2021
    arrow
  • Depois de não ir a Huntington Beach, Owen Wright cancelou presença na Ericeira.
  • Owen Wright foi o nome mais sonante entre os surfistas que falharam o top 22 do ranking mundial e a consequente qualificação para a elite mundial de 2022 via CT. Contudo, o surfista australiano, que em Tóquio conquistou uma medalha olímpica de bronze, ainda tinha pela frente uma segunda oportunidade, graças à criação do novo circuito Challenger Series. Só que Wright não está a competir nessas etapas, o que faz levantar algumas dúvidas sobre a possibilidade de continuar no circuito mundial.

    Tudo começou com a ausência da etapa inaugural, em Huntington Beach, na Califórnia. O facto de os australianos estarem bastante limitados em relação a viagens, sendo obrigados a cumprir uma quarentena de 15 dias sempre que voltam a casa, pode estar a tirar alguma vontade ao gigante australiano de competir pelo Mundo inteiro. Mas a ausência do US Open não tinha grandes implicações, uma vez que só os três melhores resultados nas quatro etapas das CS vão contar para o ranking de qualificação.

    A presença de Owen Wright na lista de inscritos da segunda etapa, que arranca sábado na Ericeira, surgia como a confirmação de que, afinal, o medalha de bronze olímpica estava disposto a lutar pela sua vaga no CT 2022. Contudo, nos últimos dias o seu nome deixou de estar na lista de inscritos do evento português. O mesmo acontece para a terceira etapa, que também se vai disputar este mês em França.

    Um cenário que coloca seriamente em causa a requalificação de Owen Wright para a próxima temporada. O surfista de 31 anos, que ao longo dos anos sempre foi presença regular no top 10 mundial e que lutou pelo título em mais que uma ocasião, pode estar de adeus à elite mundial. Sobretudo tudo numa altura em que já formou família e em que a pandemia não permite passar o tempo desejado em casa. Para mais, sendo australiano…

    No entanto, poderá existir outra leitura. Com a WSL a ter dois wildcards disponíveis para a próxima temporada do CT, mas com apenas Kolohe Andino a necessitar do mesmo, depois de ter passado grande parte da temporada lesionado, Owen poderá ser o destinatário da outra vaga. Para tal, contaria e muito o seu estatuto. Não só de eterno candidato ao título, mas também de recém-medalhado olímpico.

    Resta saber se o próprio surfista estará disposto a continuar no Tour. A ausência na Ericeira poderá ser sinónimo de ter a certeza que esse wildcard será dele. Caso contrário, poderemos mesmo estar perante o adeus do gigante australiano ao topo do surf mundial. As próximas semanas deverão aclarar as dúvidas…

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram