Homepage

  • Griffin Colapinto quebrou jejum de 5 anos sem vencer campeonatos
    27 setembro 2021
    arrow
  • O último triunfo de Griffin datava de 12 de junho de 2016. Ainda era um surfista que andava no circuito júnior da World Surf League.
  • Terminou no passado domingo, na icónica Huntington Beach, a edição de 2021 do US Open of Surfing, prova norte-americana que marcou o arranque da novíssima Challenger Series, circuito composto por quatro eventos e que irá determinar quem são os surfistas (12 homens + 6 mulheres) que vão subir ao Championship Tour (CT) de 2022.

    No que diz respeito à prova masculina, o triunfo ficou na posse do top mundial Griffin Colapinto. Requalificado diretamente para o CT do ano que vem, Griffin foi fazer uma perninha à prova californiana e obteve o prémio máximo.

    Na final, num despique 100% californiano, o surfista de San Clemente derrotou Jake Marshall, que havia sido um dos carrascos de Vasco Ribeiro na terceira ronda. A vitória alcançada por Colapinto colocou um ponto final em algumas curiosas malapatas, quer em termos pessoais ou do próprio surf do país do Tio Sam.

    Começando precisamente pelo surf norte-americano, 10 anos depois este voltou a cantar vitória na prova masculina de Huntington Beach. Antes de Griffin, o último surfista dos 'States' a vencer o US Open of Surfing havia sido Kelly Slater. Precisamente no ano em que viria a conquistar o seu 11º e último título mundial, até ao momento. 

    Quanto a Griffin Colapinto, este foi o seu primeiro triunfo em campeonatos da World Surf League (WSL) desde 2016. Foram cinco longos anos em que não conseguiu ascender ao lugar mais alto do pódio, não obstante ter entrado nesse período para a divisão máxima do surf mundial, onde está a tempo inteiro desde 2018, e de em 2017 ter conquistado a mítica Triple Crown havaiana.

    A última vitória de Colapinto datava ainda dos seus tempos de surfista júnior. Aconteceu a 12 de junho de 2016 no mexicano Los Cabos Open of Surf, que foi realizado no surf break de Zippers em San José del Cabo. Contas feitas, este acabou por ser o primeiro campeonato Open da WSL que Cola conquistou. 

    Por tudo isto, o surfista de 23 anos não escondeu a importância do feito alcançado nas águas de Huntington Beach.

    "Esta é a maior vitória da minha carreira. Venci o meu último evento, um Pro Júnior, quando tinha 17 anos de idade. Era um peso que tinha em cima dos meus ombros. No entanto, neste US Open of Surfing, desde o início que tive uma estranha intuição de que tudo iria dar certo. Agradeço a toda a minha família e amigos o apoio ao longo da minha vida. Ajudaram-me a tornar naquilo que sou hoje em dia", confidenciou Griffin Colapinto em comunicado oficial da WSL.

     

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Outras Notícias Relacionadas