Homepage

  • Kika e Mafalda reforçam armada lusa no MEO Vissla Pro Ericeira
    29 setembro 2021
    arrow
  • Uma das grandes baixas para a prova portuguesa foi a australiana Nikki van Dijk, que era uma das quatro surfistas da elite mundial inscritas.
  • As novidades na lista de inscritos no MEO Vissla Pro Ericeira, segunda de quatro etapas do novo circuito Challenger Series da WSL, não param de surgir. Depois de na prova masculina Tomás Fernandes e Afonso Antunes terem recebido wildcard, agora é a vez de Kika Veselko e Mafalda Lopes também terem recebido convites para competirem na prova que arranca sábado em Ribeira d’Ilhas.

    Kika Veselko, que conquistou recentemente o título nacional de surf, aos 18 anos, e Mafalda Lopes, outra das grandes promessas do surf nacional e antiga campeã europeia júnior, vão, assim, reforçar o contingente luso em prova. Ambas vão juntar-se a Carolina Mendes, Teresa Bonvalot e Yolanda Hopkins na prova feminina, enquanto na prova masculina competem Frederico Morais, já garantido no CT 2022, Vasco Ribeiro, Tomás Fernandes e Afonso Antunes.

    Veremos se as surpresas ficam por aqui, uma vez que após algumas desistências do lado feminino, ficou ainda uma vaga de suplente em aberto. Com todas as suplentes já dentro do quadro principal, Kika acabou por conseguir entrar com esse estatuto de suplente. Já Mafalda recebeu o único wildcard disponível, a convite da WSL.

    Uma das grandes baixas para a prova portuguesa foi a australiana Nikki van Dijk, que era uma das quatro surfistas da elite mundial inscritas. Assim, restam apenas as australianas Keely Andrew e Macy Callaghan e a costarriquenha Brisa Hennessy a representar o CT feminino. Todas elas à procura da requalificação via este circuito Challenger Series.

    Apesar de apenas Vasco, Teresa, Yolanda e Carolina Mendes terem competido na etapa inaugural, na Califórnia, e de terem garantida a presença nas restantes etapas deste circuito que qualifica 12 homens e 6 mulheres para o circuito mundial do próximo ano, um bom resultado na Ericeira por parte destes wildcards até poderá valer um convite para a etapa seguinte, em França.

    O período de espera do MEO Vissla Pro Ericeira arranca sábado, 2 de Outubro, e prolonga-se até domingo, dia 10. Este é um campeonato decisivo para as aspirações nacionais, com Yolanda Hopkins a chegar aqui como a melhor posicionada do lado feminino, após o 9.º lugar alcançado em Huntington Beach, e Vasco como o melhor masculino, vindo de um 17.º lugar.

    Depois de Portugal e França, o circuito segue para o Havai, com Haleiwa, no North Shore de Oahu, a receber a quarta e última etapa. É aí que tudo se irá decidir em relação às contas do ranking e quem serão os surfistas qualificados para o CT 2022. 

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Outras Notícias Relacionadas