Homepage

  • Tops mundiais vão marcar presença no Roxy Pro France
    22 setembro 2021
    arrow
  • Quem também faz parte da lista de inscritas são as portuguesas Teresa Bonvalot, Yolanda Hopkins e Carolina Mendes.
  • A brasileira Tatiana Weston-Webb, atual vice-campeã mundial, a francesa Johanne Defay, também parte integrante do top 5 mundial deste ano e melhor surfista europeia da história, e a jovem norte-americana Caroline Marks, vice-campeã mundial de 2019, estão inscritas e deverão marcar presença no Roxy Pro France, prova gaulesa que conta para as novas Challenger Series do WQS.

    Um trio de estrelas que surge de forma algo surpreendente na lista de inscritos deste evento, depois de não fazerem parte do elenco que vai competir na prova portuguesa do mesmo circuito, que se disputa já no início de outubro, na Ericeira, antes da etapa gaulesa. Se a presença de Defay, que vai competir em casa, não é tão surpreendente, o mesmo não se pode dizer em relação a Weston-Webb e Marks, que virão à Europa apenas para competir num evento.

    Em relação à lista de inscritos da prova da Ericeira, estas são as três mudanças em relação às tops mundiais inscritas. Com um total de sete surfistas do CT, a prova gaulesa supera a portuguesa, que tem apenas quatro. E todas elas com o lugar no CT de 2022 em risco, procurando a qualificação nestas Challenger Series, depois de terem falhado o cut no ranking de 2021.

    Ao contrário de Marks, Weston-Webb e Defay, que já têm a sua vaga assegurada e apenas vão competir no sudoeste francês para ganhar ritmo, as australianas Keely Andrew, Nikki van Dijk e Macy Callaghan e a costarriquenha Brisa Hennessy vão a jogo tanto na prova portuguesa como na francesa com o objetivo de se manterem na elite mundial, lutando por uma das seis vagas em jogo.

    Quem também faz parte da lista de inscritas são as portuguesas Teresa Bonvalot, Yolanda Hopkins e Carolina Mendes. Com Teresa a ter garantido entrada direta em virtude do ranking europeu, Yolanda e Carol garantiram mais uma vez vagas de substituição para estas etapas das Challenger Series. O mesmo já tinha acontecido para a prova da Califórnia, que está a decorrer esta semana, e para a portuguesa.

    Em relação à prova masculina já era conhecido a lista de inscritos, sendo que há mais um top mundial na prova da Ericeira do que na francesa. A única diferença entre os surfistas do CT inscritos é o facto de Portugal ir contar com a presença dos brasileiros Italo Ferreira, campeão mundial de 2019 e campeão olímpico, e Deivid Silva, que não vão a França. Em sentido inverso, o também brasileiro Yago Dora compete somente em França.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram