Homepage

  • Teresa e Yolanda avançam em Huntington Beach, Carol fica pelo caminho
    22 setembro 2021
    arrow
  • Vasco Ribeiro deverá voltar à ação esta quarta-feira na ronda 2 masculina.
  • Sortes diferentes para o trio de surfistas portuguesas que se estreou esta terça-feira no US Open of Surfing, a etapa inaugural das novas Challenger Series do WQS, que apuram os surfistas para entrar na elite mundial em 2022. Depois do sucesso de Vasco Ribeiro na prova masculina, durante o dia inaugural em Huntington Beach, no dia 2 a armada lusa voltou a viver um dia positivo, com Teresa Bonvalot e Yolanda Hopkins a superarem a ronda inaugural feminina, onde Carolina Mendes acabou por ficar pelo caminho.

    Colocadas em três heats seguidos foi já ao final da noite em Portugal Continental que a ação começou para as portuguesas. Primeiro foi Teresa a marcar presença na água, não perdendo tempo em mostrar um surf sólido. Ao contrário da tática mais habitual nas ondas de Huntington, que passa por colocar uma manobra no outise e depois tentar fazer a conexão para uma manobra mais forte no inside a finalizar, a surfista portuguesa optou preferencialmente por secções que lhe permitissem encaixar uma boa manobra. E a estratégia funcionou em pleno.

    Com muitos elogios à mistura por parte dos comentadores, devido ao seu surf, Teresa começou a bateria com uma nota de 5,17 pontos, fruto de apenas uma manobra num eficiente ataque a uma junção. De seguida já fez duas manobras que lhe valeram 5,83 pontos. Sempre muito letal, Teresa Bonvalot somou 11 pontos e apenas foi superada por Macy Callaghan, surfista australiana que pertence ao top mundial e que procura a requalificação via Challenger Series, que somou 12,60 pontos. Pelo caminho nesta bateria ficou a norte-americana Samantha Sibley (10,66) e ainda a indonésia Kailani Johnson (7,36), que esteve sempre muito longe de disputar a passagem à próxima fase.

    Após este primeiro sucesso seguiu-se a entrada em ação de Carolina Mendes, que até começou a bateria por cima. Muito ativa, a vice-campeã nacional colocou-se cedo na liderança, mas com o avançar do heat não conseguiu melhor o score de 7,30, conseguido com as suas duas primeiras ondas, e começou a ser ultrapassada pela forte concorrência. Até final já não conseguiu dar uma resposta à altura das rivais, ficando pelo caminho.

    Uma bateria em que o triunfo sorriu à estrela havaiana e antiga top mundial Coco Ho, com 12,76 pontos. No segundo posto ficou a jovem sensação do surf norte-americano Sawyer Lindbald, com 11,03 pontos, que também permitiram que seguisse para a ronda 2. À frente de Carol, mas também eliminada, ficou a japonesa Minami Nonaka, com apenas 9,73 pontos.

    Na bateria 9, que foi a penúltima do dia, foi a vez de Yolanda Hopkins colocar as contas novamente positivas para a armada lusa e, desta feita, com direito a uma vitória na bateria. A surfista algarvia conseguiu encontrar espaço para o seu surf power e foi a única surfista a conseguir uma nota intermédia em todo o heat, com 6 pontos. Um fator que acabou por desequilibrar a disputa a seu favor.

    Yolanda, que está a dar sequência ao bom momento trazido da excelente prestação nos Jogos Olímpicos de Tóquio, conseguiu somar 9,37 pontos, contra os 9,26 da basca Garazi Sanchez-Ortun, que também seguiu em frente. Mas o feito de Yolanda Hopkins é ainda maior se pensarmos que deixou pelo caminho a australiana Isabella Nichols (7,50 pontos), que se sagrou a melhor rookie do CT em 2021. No último posto da bateria ficou a jovem norte-americana Chiasa Maruyama (6,74), que entrou no campeonato à última da hora para substituir a brasileira Anne dos Santos, inicialmente colocada neste heat.

    Na próxima fase Teresa Bonvalot já conhece todas as suas adversárias, medindo forças no heat 3 com a australiana Keely Andrew, atual top mundial que procura a requalificação nas Challenger Series, mas também com a sul-africana Sarah Baum e ainda com a jovem norte-americana Sawyer Lindbald. Já Yolanda Hopkins sabe que vai estar no heat 5 com a havaiana Keala Tomoda-Bannert, mas ainda não conhece as outras duas adversárias, uma vez que ficaram por realizar os últimos seis heats da ronda inaugural feminina.

    Nos 10 heats disputados destaque para o triunfo a abrir da estrela norte-americana Caroline Marks. Contudo a melhor prestação foi da australiana ex-top mundial Dimity Stoyle, com 15,10 pontos. Pelo caminho ficou já algum talento, com destaque para as eliminações da japonesa Mahina Maeda, da havaiana Luana Silva, da australiana Holly Wawn, da norte-americana Tia Blanco ou da ex-top mundial Chelsea Tuach, de Barbados.

    Antes da prova feminina ir para a água disputaram-se ainda os seis heats restantes da ronda inaugural masculina, com o grande destaque a ser a prestação de Kanoa Igarashi, que somou 15 pontos a fechar a ronda. Destaque ainda para as eliminações do australiano e top mundial Wade Carmichael e também dos havaianos Mason Ho e Billy Kemper.

    Esta quarta-feira a prova deverá retomar pelas 16 horas portuguesas com a realização dos heats em falta da ronda inaugural feminina, avançando depois para a ronda 2 masculina, onde Vasco Ribeiro deverá voltar à ação. Pela frente terá o australiano Jack Robinson, o francês Michel Bourez e ainda o japonês Shun Murakami.

    US Open of Surfing Huntington Beach pres. by Shiseido Women's Round 1 (H1-11) Results:
    Heat 1: Caroline Marks (USA) 11.10 DEF. Daniella Rosas (PER) 9.50, Tia Blanco (USA) 9.36, Natasha Van Greunen (ZAF) 6.67
    Heat 2: Kobie Enright (AUS) 12.73 DEF. Vahine Fierro (FRA) 12.43, Meah Collins (USA) 9.67, Savanna Stone (HAW) 7.43
    Heat 3: Kirra Pinkerton (USA) 12.34 DEF. Dominic Barona (ECU) 11.54, Tessa Thyssen (FRA) 9.23, Maud Le Car (FRA) 6.97
    Heat 4: Dimity Stoyle (AUS) 15.10 DEF. Gabriela Bryan (HAW) 13.00, Autumn Hays (USA) 8.60, Chelsea Tuach (BRB) 8.20
    Heat 5: Keely Andrew (AUS) 11.40 DEF. Leilani McGonagle (CRI) 10.34, Zoe Benedetto (USA) 9.83, Luana Silva (HAW) 9.40
    Heat 6: Sarah Baum (ZAF) 9.87 DEF. Pauline Ado (FRA) 9.44, Holly Wawn (AUS) 8.73, Ellie Brooks (AUS) 7.63
    Heat 7: Macy Callaghan (AUS) 12.60 DEF. Teresa Bonvalot (PRT) 11.00, Samantha Sibley (USA) 10.66, Kailani Johnson (IDN) 7.36
    Heat 8: Coco Ho (HAW) 12.76 DEF. Sawyer Lindblad (USA) 11.03, Minami Nonaka (JPN) 9.73, Carolina Mendes (PRT) 7.30
    Heat 9: Yolanda Hopkins (PRT) 9.37 DEF. Garazi Sanchez-Ortun (EUK) 9.26, Isabella Nichols (AUS) 7.50, Chiasa Maruyama (USA) 6.74
    Heat 10: Keala Tomoda-Bannert (HAW) 12.26 DEF. Ariane Ochoa (EUK) 9.53, Sol Aguirre (PER) 8.56, Mahina Maeda (JPN) 8.33

    US Open of Surfing Huntington Beach pres. by Shiseido Men's Round 1 (H19 -24) Results:
    Heat 19:
     Jordan Lawler (AUS) 12.66 DEF. Alonso Correa (PER) 12.10, Weslley Dantas (BRA) 11.03, Billy Kemper (HAW) 10.10
    Heat 20: Willian Cardoso (BRA) 12.70 DEF. Matthew McGillivray (ZAF) 11.67, Ian Gentil (HAW) 10.73, Dylan Lightfoot (ZAF) 7.37
    Heat 21: Edgard Groggia (BRA) 12.40 DEF. Kade Matson (USA) 12.37, Wade Carmichael (AUS) 9.93, Charly Quivront (FRA) 9.47
    Heat 22: Maxime Huscenot (FRA) 12.30 DEF. Evan Geiselman (USA) 11.60, Lucas Vicente (BRA) 11.50, Michael Dunphy (USA) 11.07
    Heat 23: Reef Heazlewood (AUS) 12.13 DEF. Joao Chianca (BRA) 11.56, Crosby Colapinto (USA) 10.37, Mason Ho (HAW) 9.33
    Heat 24: Kanoa Igarashi (JPN) 15.00 DEF. Shane Sykes (ZAF) 8.70, Slade Prestwich (ZAF) 7.43, Tristan Guilbaud (FRA) 7.26

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram