Homepage

  • Barra de la Cruz vai consagrar vencedor inédito em etapas do CT masculino
    13 agosto 2021
    arrow
  • Deivid Silva, Leo Fioravanti, Mateus Herdy e Jack Robinson são os quatro sobreviventes de um evento que tem sido apaixonante.
  • Depois de três maratonas de surf consecutivas, já são conhecidos os surfistas que vão lutar pelo triunfo no Corona Open México, ao que tudo indica já esta sexta-feira com a chamada a estar marcada para as 14h15, hora de Portugal Continental. 

    Aquela que veio a revelar-se última etapa da temporada regular do Championship Tour (CT) de 2021, depois da notícia do cancelamento do Tahiti Pro, está a ser recheada de surpresas no mar de Barra de la Cruz.

    No que confere ao setor masculino, a competição desembocou nas meias-finais com uma garantia. O vencedor deste CT do México será alguém que anteriormente nunca venceu uma etapa mundialista.

    Os quatros sobreviventes desta apaixonante prova são: Deivid Silva, Leo Fioravanti, Mateus Herdy e Jack Robinson. No caso de Deivid e Herdy são dois surfistas brasileiros que têm a responsabilidade de manter a invencibilidade do país irmão no CT neste ano de 2021 no que toca ao setor masculino.

    Nas cinco etapas já realizadas, quatro na Austrália mais o Surf Ranch, o triunfo sorriu sempre ao país que por intermédio de Gabriel Medina (2018) e Ítalo Ferreira (2019) venceu os últimos dois títulos mundiais. A atual força dominante do Tour, conforme é também visível na distribuição de nacionalidades nestas meias-finais. Dois surfistas do Brasil em quatro, o que representa 50% de chances de vitória. 

    A primeira meia-final irá opor Deivid Silva vs Leo Fioravanti. Para chegar a esta fase da competição, Deivid reformou Adriano de Souza sem saber, pois ainda não tinha sido revelado que a etapa do Taiti seria cancelada, tendo também superado o regressado Kolohe Andino e o líder do ranking mundial Gabriel Medina nos quartos-de-final, naquele que Silva apelidou como o "melhor heat" da sua vida. Até ao momento, o melhor resultado da carreira no CT deste paulista é um quinto lugar na etapa de Narrabeen, já disputada em 2021.

    Quanto ao simpático Leo Fioravanti tem vindo a mostrar uma interessante conexão com Barra de la Cruz, o que já permitiu ao italiano eliminar entre outros, o 'aussie' Morgan Cibilic, rookie do ano e um surfista que surpreendentemente irá estar presente na finalíssima de Trestles, a disputar em setembro. No Tour, Fioravanti tem como melhor resultado um terceiro lugar no Quiksilver Pro France de 2019.

    Já na outra meia-final vamos ter o duelo Jack Robinson vs Mateus Herdy. O australiano Robinson, que foi o carrasco do nosso Frederico Morais nos quartos-de-final deste campeão, está a prestes a completar o seu primeiro ano a full-time no circuito mundial de surf. Inconsistente e ofuscado pelo fenómeno Morgan Cibilic, Jack está a ter no México o melhor desempenho da temporada e consequentemente da carreira entre a elite do surf mundial. Anteriormente, o melhor que havia conseguido eram três nonos lugares. 

    Por último, o irreverente Mateus Herdy. Tem sido um dos surfistas mais em destaque ao longo da competição mexicana, encantando tudo e todos com o seu surf altamente progressivo. Campeão mundial Júnior da World Surf League (WSL) em 2018, Herdy é um surfista que não está a tempo inteiro neste Mundial de 2021.

    Viajou até ao México como 'replacement', naquela que é apenas a sua terceira aparição numa etapa mundialista. O melhor que havia conseguido era um 17º posto na Gold Coast em 2019. Agora a conversa é outra e para aqui a chegar, o filho do antigo top mundial Guilherme Herdy não teve tarefa nada fácil. Eliminou dois tops 5 (!) à partida para esta etapa. 

    A primeira vítima de Mateus foi Griffin Colapinto, afastando este da possibilidade de ir a Trestles. Depois seguiu-se Ítalo Ferreira, que é o atual campeão mundial e recém-campeão olímpico de surf. Sem dúvida, um grande gesta.

    Os intervenientes estão apresentados, pelo que só falta mesmo a competição voltar à água. Até lá, aceitam-se apostas sobre quem vai ser o campeão deste Corona Open México. Uma coisa é garantida: alguém vai disputar a sua primeira final no CT e sair vencedor da mesma. 

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram