Homepage

  • Lacanau Pro (novamente) cancelado devido à pandemia
    01 julho 2021
    arrow
  • Apesar de mais este cancelamento, o Pro Anglet, outro QS1000 que está igualmente marcado para Agosto, continua em cima da mesa.
  • Continua o impasse em França em relação à pandemia e os eventos de surf continuam a sofrer na pele as consequências. Depois de já ter sido cancelado no ano passado e, posteriormente, remarcado para agosto deste ano, o Lacanau Pro, uma das mais antigas provas de surf na Europa, foi novamente cancelada pelas autoridades locais, que alegam falta de segurança sanitária para realizar este tipo de eventos.

    A prova do sudoeste francês, que passaria a ter um estatuto QS1000, seria a primeira da temporada 2021/22 do QS regional europeu, mas está, assim, oficialmente adiada para o próximo ano. A prova já não figura no calendário da WSL e foram as próprias autoridades locais a confirmar este cenário ao jornal desportivo francês L’Èquipe.

    “É extremamente difícil para nós, nesta fase, garantir condições normais de receção de público e de surfistas internacionais, bem como de toda a programação do evento que imaginamos. Este cenário não nos permite apresentar o evento de forma suficientemente festiva e completa como está no seu programa geral”, frisou a autarquia local em comunicado de imprensa.   

    Em cima da mesa também estaria a hipótese de o evento não ser aberto ao público, algo que não vai ao encontro da intenção dos organizadores. Aliás, o evento foi remarcado para agosto, precisamente porque antes disso apenas poderia ser realizado sem público, de acordo com as medidas em vigor das autoridades francesas. Algo que a organização não desejava, preferindo reposicionar este Lacanau Pro na temporada de 2021/22 em vez de ser ainda evento da reta final da presente temporada.

    Apesar de mais este cancelamento, o Pro Anglet, outro QS1000 que está igualmente marcado para Agosto, continua em cima da mesa, devendo ser essa a prova de arranque do QS europeu 2021/22. Ainda assim, o mesmo jornal frisa que o evento noturno que ali se realiza anualmente, deverá ser cancelado, ao invés da competição diurna.

    A França tem ainda no calendário uma das cinco etapas das Challenger Series da segunda metade da época, com os candidatos a entrar no WCT 2022 a terem programado competir em Hossegor, entre o final de Setembro e início de outubro. Caso a pandemia afetasse igualmente esse campeonato, seria um rude golpe para a WSL e para este novo formato de qualificação.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram