Homepage

  • Carissa Moore: 'A pressão no Surf Ranch é muito maior'
    18 junho 2021
    arrow
  • A surfista havaiana foi a primeira atleta do WWT a conquistar o Surf Ranch Pro. Estávamos em 2018.
  • Desde as 16h08, hora de Portugal Continental, desta sexta-feira que está a decorrer o Surf Ranch Pro, aquela que é a sexta etapa do World Championship Tour de 2021

    No panorama do surf de competição a nível mundial, este é um evento que não tem paralelo em qualquer parte do mundo. Isto porque a ação não decorre no oceano, mas sim numa piscina de ondas artificiais, no caso a instalação idealizada por Kelly Slater em Lemoore, no estado norte-americano da Califórnia.

    Por isso mesmo a preparação dos atletas e o seu próprio desempenho dentro de água é também diferente do habitual. Carissa Moore, que em 2018 tornou-se na primeira surfista do WWT a vencer o Surf Ranch Pro, explica essas diferenças.

    "Competir no Surf Ranch é totalmente diferente do habitual, pois deixam de existir todas as variáveis que existem noutros campeonatos. É um evento que coloca muita pressão porque sabemos exatamente quantas ondas vamos ter durante a nossa atuação. E todas são perfeitas. Tudo tem a ver com o timing", explicou a tetracampeã mundial de surf em comunicado oficial da World Surf League (WSL).

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram