Homepage

  • Vasco Ribeiro campeão do QS3000 de Santa Cruz!!!
    15 maio 2021
    arrow
  • Vasco venceu na final o francês Tim Bisso, deixando o adversário em combinação.
  • Vitória histórica para Vasco Ribeiro, este sábado, na praia do Mirante, em Santa Cruz! O surfista português voltou a estar imparável no dia final do da etapa de 3000 mil pontos do circuito mundial de qualificação e só parou no lugar mais alto do pódio. Além de garantir o primeiro triunfo da carreira neste circuito, Vasco ainda conseguiu suceder a Frederico Morais como vencedor em Santa Cruz.

    Com o mar a estar mais pequeno que nos dias anteriores, Vasco começou a prestação no dia final com um triunfo frente ao francês Leo Paul Etienne, no heat 4 dos quartos-de-final, graças a um score de 11,03 contra 9,33 do adversário. Um começo de dia positivo e que lançou Vasco Ribeiro em boa forma para a fase de todas as decisões.

    O surfista do Estoril elevou a fasquia nas meias-finais e somou 13,50 pontos, para vencer o campeão europeu júnior Kauli Vaast. Apesar de um forte ataque ao triunfo nos últimos segundos por parte do surfista natural do Taiti, o português conseguiu segurar a passagem à final por apenas 0,50 pontos.

    Na final Vasco teve pela frente Tim Bisso, surfista natural da ilha de Guadalupe, que atualmente reside em Portugal e é orientado por José Seabra, técnico que levou e acompanhou Tiago Pires no circuito mundial e que também já treinou Vasco Ribeiro no passado.

    O surfista português começou logo ao ataque no heat decisivo, conseguindo uma nota de 5,67 pontos na primeira onda, perante um Tim Bisso mais expectante. Com 10 minutos de heat decorridos, Vasco apanhou uma onda de set e começou a colocar uma mão no troféu, graças a uma nota de 9 pontos. E como se não bastasse, de seguida apanhou nova onda para a esquerda, pontuada com 7,67, conseguindo aumentar ainda mais a diferença para o rival.

    Até final, Ribeiro teve apenas de gerir a bateria, uma vez que o surfista gaulês esteve todo o heat em combinação, devido ao score de 16,67 pontos com que o tetracampeão nacional acabou por vencer a disputa. Bisso ainda melhorou na reta final da bateria, mas já não conseguiu mais que 11,73 pontos.  

    Depois de ter sido 5.º classificado neste evento em 2019, Vasco Ribeiro melhorou o seu desempenho e conseguiu aqui a primeira vitória da carreira no circuito QS. Após duas finais perdidas em Anglet, em França, em 2018 e 2019, à terceira foi de vez, com Vasco a subir ao lugar mais alto do pódio e a suceder a Frederico Morais como campeão em Santa Cruz. Um bom pronúncio, pois foi esse triunfo que catapultou Kikas para o regresso ao CT em 2019.

    Com este triunfo, Vasco Ribeiro reforçou o estatuto de segundo classificado do ranking europeu, apenas atrás do italiano e top mundial Leo Fioravanti, e ainda conquistou um prémio de . A juntar a isso, Vasco ficou praticamente garantido no top 8, que garantirá vagas nas Challenger Series da segunda metade da temporada, onde os melhores surfistas de cada região vão disputar a entrada no circuito mundial de 2022, a par dos surfistas da elite mundial que falharem a requalificação.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Outras Notícias Relacionadas