Homepage

  • Medina surpreendido em Margaret River e liderança novamente em cheque
    06 maio 2021
    arrow
  • Dia final do Margaret River Pro deverá acontecer apenas no início da próxima semana.
  • Dia de emoções fortes em Margaret River, que ajudou a definir os finalistas do Margaret River Pro, a quarta etapa do CT 2021. Depois de uma chamada algo inesperada, que colocou os oitavos-de-final masculinos na água e, posteriormente, os quartaos-de-final feminino, a grande surpresa da jornada acabou por ser a eliminação do número um mundial Gabriel Medina. Algo que faz com que a liderança do ranking fique em jogo e possa mudar novamente de dono.

    Com o mar a apresentar-se grande, bonito e com muitas ondas as chegar, a organização decidiu avançar com heats masculinos em sistema de overlap, embora as dificuldades tenham sido muitas para os surfistas, pois as ondas tinham bem mais beleza do que potencial. Ainda assim, a prova aconteceu a um ritmo alto e com alguma animação à mistura.

    Tudo começou com um triunfo de John John Florence frente a Peterson Crisanto, numa bateria que deu o mote para o resto da ação. Disputas aguerridas, mas muito confusas, com os melhores surfistas do Mundo a errarem de uma forma pouco habitual. Algo que abriu espaço a surpresas, mesmo que essas apenas fossem concretizadas mais para a frente.

    Um dos surfistas em melhor forma no dia foi Griffin Colapinto, sobretudo pela forma como se entendeu com a difícil junção final que as direitas do Main Break ofereciam. Com 14,66 pontos, o norte-americano bateu Jeremy Flores, que vinha a ser um dos destaques do campeonato. E no heat seguinte, dois dos maiores nomes do circuito e que se apresentam em pior forma, fizeram um dos heats mais estranhos e fracos da temporada, com Jordy Smith a vencer Julian Wilson nos últimos segundos e graças a uma esquerda…

    Foi a partir daqui que a emoção aumentou. Com Frederico Morais e Ryan Callinan na água, num duelo que viria a sorrir ao australiano, deu-se ainda a entrada em ação de Gabriel Medina. O líder mundial acumulou erros incaracterísticos, voltou a colocar-se em disputas mais agressivas e acabou numa rara imagem a cair a pique numa onda, depois de se embrulhar com Seth Moniz. A verdade é que isso parece ter afetado Medina, que até teve a melhor onda do heat. Por sua vez, o havaiano, mesmo sem surfar ao melhor nível, acabou por vencer a bateria, após uma reta final sem ondas de qualidade.

    Com a surpresa feita, e já depois de mais uma situação caricata em que Kanoa Igarashi dropinou Matthew McGillivray, hipotecando aí as possibilidades de seguir em frente, todos os olhos ficaram colados em Italo Ferreira e na possível resposta à derrota de Medina. A verdade é que o campeão mundial em título não acusou qualquer pressão, somou o melhor score do dia, com 16,57 pontos, deixando o compatriota Caio Ibelli em combinação e ficou lançado para recuperar a licra amarela. Aliás, Italo é mesmo o único que pode roubar a liderança a Gabriel Medina, mas tem de vencer a etapa para conseguir tal feito.

    No heat que chegou o dia para os homens, Filipe Toledo bateu Jadson Andre com uma prestação q.b., mas a verdade é que aproveitou da melhor forma para se aproximar dos lugares da frente do ranking. Ainda que, na próxima fase, tenha encontro marcado com Italo Ferreira. Um duelo que promete marcar o arranque do dia final do Margaret River Pro, assim como o primeiro heat dos quartos-de-final entre John John Florence e Griffin Colapinto.

    Com o onshore a prometer entrar a meio do dia, a verdade é que tal cenário não aconteceu de forma tão acentuada como o esperado e a organização decidiu avançar também com a prova feminina. Depois de um primeiro heat em que a surfista local Bronte Macaulay prosseguiu com a sua grande performance, após um empate vitorioso frente a Johanne Defay, foram as favoritas a assumir as rédeas da ação.

    A brasileira Tatiana Weston-Webb deu sequência ao incrível arranque de temporada, vencendo Tyler Wright, com direito ao melhor score feminino do dia (16,23) e a segunda melhor onda do dia (9,23). Weston-Webb garantiu, assim, a ultrapassagem a Caroline Marks no ranking e a subida ao segundo posto virtual, parecendo ser a principal ameaça a Carissa Moore neste início de 2021. Agora, nas meias-finais terá pela frente Bronte Macaulay e se não se deixar surpreender pode alcançar a segunda final consecutiva, depois de já o ter feito em Narrabeen.

    De seguida, Carissa Moore entrou em ação e não deu azo a surpresas. Na reedição da final de Newcastle, a havaiana e campeã mundial em título bateu de forma segura a rookie Isabella Nichols, deixando boas perpestivas para o dia final. Nas meias-finais, Carissa tem já um grande embate marcado frente a Stephanie Gilmore. A sete vezes campeã mundial fechou o dia com um grande triunfo frente a Sally Fitzgibbons, no melhor heat da jornada, e carimbou a passagem às meias-finais pela primeira vez na temporada. Destaque para a melhor onda do dia, com um 9,50 de Gilmore. O dia final promete em Margaret River!

    Boost Mobile Margaret River Pro Men’s Round of 16 Results:
    HEAT 1: John John Florence (HAW) 13.50 DEF. Peterson Crisanto (BRA) 8.97
    HEAT 2: Griffin Colapinto (USA) 14.66 DEF. Jeremy Flores (FRA) 8.33
    HEAT 3: Jordy Smith (ZAF) 10.10 DEF. Julian Wilson (AUS) 9.23
    HEAT 4: Ryan Callinan (AUS) 14.86 DEF. Frederico Morais (PRT) 10.36
    HEAT 5: Seth Moniz (HAW) 9.84 DEF. Gabriel Medina (BRA) 9.53
    HEAT 6: Matthew McGillivray (ZAF) vs. Kanoa Igarashi (JPN)
    HEAT 7: Italo Ferreira (BRA) 16.57 DEF. Caio Ibelli (BRA) 10.83
    HEAT 8: Filipe Toledo (BRA) 11.83 DEF. Jadson Andre (BRA) 9.47

    Boost Mobile Margaret River Pro Men’s Quarterfinal Matchups: 
    HEAT 1: John John Florence (HAW) vs. Griffin Colapinto (USA)
    HEAT 2: Jordy Smith (ZAF) vs. Ryan Callinan (AUS)
    HEAT 3: Seth Moniz (HAW) vs. Matthew McGillivray (ZAF)
    HEAT 4: Italo Ferreira (BRA) vs. Filipe Toledo (BRA)

    Boost Mobile Margaret River Pro Women’s Quarterfinal Results: 
    HEAT 1: Bronte Macaulay (AUS) 11.83 DEF. Johanne Defay (FRA) 11.83
    HEAT 2: Tatiana Weston-Webb (BRA) 16.23 DEF. Tyler Wright (AUS) 14.17
    HEAT 3: Carissa Moore (HAW) 14.57 DEF. Isabella Nichols (AUS) 10.33
    HEAT 4: Stephanie Gilmore (AUS) 15.73 DEF. Sally Fitzgibbons (AUS) 14.17

    Boost Mobile Margaret River Pro Women’s Semifinal Matchups:
    HEAT 1: Bronte Macaulay (AUS) vs. Tatiana Weston-Webb (BRA)
    HEAT 2: Carissa Moore (HAW) vs. Stephanie Gilmore (AUS)

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram