Homepage

  • Gabriel Medina vence em Narrabeen em ritmo de passeio
    20 abril 2021
    arrow
  • Medina conquistou o 15.º triunfo no WCT, após uma final arrebatadora frente a Conner Coffin.
  • Uma performance absolutamente dominadora! Foi assim que Gabriel Medina conquistou, esta terça-feira, o triunfo no Rip Curl Narrabeen Classic. Depois da eliminação de todos os outros candidatos na véspera, já era um pouco anunciado que o dia final do evento australiano iria ser um one man show. E Medina fez por isso, não dando azo a surpresas e praticando uma das melhores exibições dos últimos tempos em etapas do WCT.

    O dia nem começou fácil para o surfista brasileiro, que nos quartos-de-final viu o surpreendente rookie Morgan Cibilic completar um inesperado tubo, que o colocou com uma boa vantagem no heat. Só que, apesar de ter segurado a prioridade até à reta final da disputa, o jovem australiano viu Medina construir a recuperação debaixo da sua prioridade, mostrando não ceder à pressão. E já com a vitória (suada) no bolso, ainda brindou os fãs com um incrível aéreo, com uma aterragem ainda mais surreal, que obteve 9,30 pontos.

    Enquanto do outro lado do draw um punhado de surfistas lutavam pelo título de outsider do evento, seguiu-se a meia-final em que Medina teve pela frente Frederico Morais. Kikas entrou novamente mais forte, mas, aos poucos, o brasileiro foi assumindo as rédeas da bateria. Com uma estratégia bastante ativa, apanhando muitas ondas, à la Italo, Medina foi voando, voando e voando cada vez mais alto, fazendo parecer fácil, mas também banalizando um pouco o surf progressivo.

    Frederico até foi dos que mais deu trabalho a Gabriel Medina neste campeonato, esperando pelos minutos finais para tentar carimbar a vitória. Contudo, as ondas de potencial já não surgiram e o brasileiro acabou por ser um natural vencedor de mais um duelo entre ambos – o oitavo, que terminou com o quinto triunfo consecutivo para o atual número um mundial. Foram 12,50 pontos, contra 10,70 de Frederico, numa confirmação de que Medina estava ali mesmo para vencer.

    O passeio do bicampeão mundial só terminou com a sua melhor performance em todo o evento. Com o norte-americano Conner Coffin pela frente no heat decisivo, e com novamente dois estilos antagónicos em jogo, Medina conseguiu tirar ainda mais coelhos da cartola. Com os juízes a não parecerem entediados com o domínio de Medina pelo ar, premiaram mais dois incríveis voos do brasileiro com um 9,27 e um 9,50 – esta última a melhor nota do evento.

    Até final da bateria, Medina ainda se deu ao luxo de descartar um 8,67, com mais um aéreo. Apesar de parecer que o número um competiu sozinho, a verdade é que Conner Coffin ainda apareceu na ponta final do heat. Depois de passar grande parte da bateria em combinação, foi com duas fortes manobras na parte crítica da onda que Coffin conseguiu dar um ar da sua graça. Foi pontuado com 8,77 pontos, saindo da combinação, mas ficando a precisar de 10 pontos para virar os 18,77 de Gabriel – quase uma brincadeira de mau gosto para o californiano…

    Foi de forma avassaladora que Gabriel Medina terminou o passeio por Narrabeen, cimentando ainda mais uma liderança do ranking mundial que já tinha alcançado no decorrer do campeonato e conquistando a 15.ª vitória entre a elite mundial. São já mais de 6 mil pontos para Italo Ferreira, que desceu à vice-liderança. Após três finais nos três primeiros eventos do ano, Medina espantou os fantasmas sobre os péssimos arranques de temporada e ainda carimbou praticamente a presença no evento final do ano, em Trestles, onde o top 5 discute o título mundial.

    Rip Curl Narrabeen Classic Men’s Final Results:
    1 - Gabriel Medina (BRA) 18.77
    2 - Conner Coffin (USA) 14.10

    Rip Curl Narrabeen Classic Men’s Semifinal Results:
    HEAT 1: Gabriel Medina (BRA) 12.50 DEF. Frederico Morais (PRT) 10.70
    HEAT 2: Conner Coffin (USA) 13.83 DEF. Griffin Colapinto (USA) 11.03

    Rip Curl Narrabeen Classic Men’s Quarterfinal Results:
    HEAT 1: Frederico Morais (PRT) 13.84 DEF. Ethan Ewing (AUS) 11.83
    HEAT 2: Gabriel Medina (BRA) 15.97 DEF. Morgan Cibilic (AUS) 12.67
    HEAT 3: Conner Coffin (USA) 11.06 DEF. Kanoa Igarashi (JPN) 0.80
    HEAT 4: Griffin Colapinto (USA) 12.50 DEF. Yago Dora (BRA) 12.00

    WSL Men’s Championship Tour Leaderboard Top 5:
    1 - Gabriel Medina (BRA) 25,600 pts
    2 - Italo Ferreira (BRA) 19,405 pts
    3 - John John Florence (HAW) 14,650 pts
    4 - Kanoa Igarashi (JPN) 12,810 pts
    4 - Conner Coffin (USA) 12,810 pts

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram