Homepage

  • Ítalo Ferreira transformou Merewether Beach na Baía Formosa
    01 abril 2021
    arrow
  • Em 30 minutos, o atual campeão do mundo surfou o impressionante número de 17 ondas. Os rivais de bateria, em conjunto, surfaram 14 ondas. Um mundo de diferença!
  • É sempre assim em todas as modalidades. O momento em que o campeão mundial está em ação gera sempre uma grande expectativa junto de quem assiste a determinado evento desportivo. No surf, por estes dias, esse entusiasmo surge ao cubo.

    Isto porque quando toca a buzina e chega a hora de Ítalo Ferreira saltar para dentro de água nunca sabemos o que poderá acontecer. Ontem, no arranque da Rip Curl Newcastle Cup, o surfista brasileiro plasmou na água pela enésima vez tudo aquilo que o caracteriza: alegria, diversão, espontaneidade, energia, superação e arrojo.

    Durante 30 minutos, estes foram os ingredientes de uma bateria que promete ficar para a história desta curso de 2021. Meia-hora na qual Ítalo surfou, pasmem-se, 17 ondas! Até cansou só de ver para quem estava a assistir.

    Juntos, os seus adversários nesse heat, os australianos Jack Robinson e Jackson Baker, surfaram 14 ondas. Um mundo de diferença!

    Onda atrás de onda, em mar pequeno, Ítalo proporcionou um espetáculo ao qual, rivais de bateria à parte, só os juízes não terão achado muita piada, dado o elevado número de ondas de enfiada que necessitaram de ser avaliadas. 

    Por momentos, chegamos a pensar que o atual campeão do mundo não estava a competir num heat do World Championship Tour em Merewether Beach, na Austrália, mas sim que encontrava-se na sua querida e amada Baía Formosa, lá no Rio Grande do Norte, numa qualquer sessão de free surf.

    Esta transposição daquilo que faz de olhos fechados no seu quintal para a terra dos cangurus tornou toda esta apresentação ainda mais especial.

    É que nas 17 ondas surfadas, o atleta de 26 anos exibiu um manancial de manobras. Desde os já espetaculares aéreos ao surf mais convencional passando pela tentativa de fazer um tubo (!) quando o mar nem sequer oferecia condições para tal.

    Foi realmente eletrizante, inspirador e sobretudo uma demonstração cabal da capacidade de como Ítalo Ferreira consegue extrair a sua melhor versão a cada manobra realizada, seja lá as condições de mar que apanha pela frente. A assinatura de um verdadeiro campeão mundial.

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram