Homepage

  • Gabriel Medina sobre o novo treinador: 'Queria sair da minha zona de conforto'
    08 abril 2021
    arrow
  • O bicampeão mundial terminou a longa associação profissional ao padrasto Charles.
  • Neste longo hiato entre o Pipe Masters e a retoma do World Championship Tour (WCT) de 2021, mais de três meses, uma das notícias que marcou o universo da elite do surf mundial foi o facto de Gabriel Medina ter mudado de treinador.

    Deixou o parceiro de sempre, o seu padrasto Charles, para associar-se ao norte-americano Andy King. Um antigo surfista que na qualidade de treinador já trabalhou com a equipa de desenvolvimento da Red Bull e orientou Mick Fanning na conquista de dois dos seus três títulos mundiais, entre outras associações.

    Numa das primeiras reações públicas a esta mudança, Medina foi contundente. "Queria sair da minha zona de conforto e tentar algo diferente, pois estou a ficar velho. O meu padrasto agora está a trabalhar com a minha irmã Sophia, que um dia também estará no Mundial. Charles é a pessoa certa para essa missão. Eu estou aqui com o Andy", começou por dizer o bicampeão mundial em comunicado da World Surf League (WSL).

    Falando diretamente de Andy King, o surfista sul-americano diz que este "presta muita atenção às pranchas e manobras, o que é interessante e ajuda-me bastante. Dá-me confiança, pelo que é o tipo de pessoa que preciso junto de mim. ". 

    Já em termos da Rip Curl Newcastle Cup, Medina exalta também a presença de King na sua entourage. "O facto de ser goofy e conhecer bem esta praia é uma grande vantagem. Sinto-me bem", concluiu.

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram