Homepage

  • Gabriel Medina: 'Não gosto de heats sem oportunidades para todos'
    01 maio 2021
    arrow
  • Perante o swell que se avizinha para Margaret River, o bicampeão do mundo assegura estar 'preparado para tudo'.
  • Não é só a consagrada Stephanie Gilmore que não se dá bem com os ares de Margaret River, também Gabriel Medina nunca venceu a etapa do CT que arranca na próxima madrugada com o seu período de espera.

    O melhor resultado que o surfista brasileiro alcançou em Margaret foi um terceiro lugar em 2018, ano do seu segundo e último título mundial até ao momento. 

    Medina está ciente desse histórico menos positivo, mas espera reverter o mesmo em breve, ainda para mais numa fase em que esteve presente nas finais das últimas quatro etapas do Mundial e venceu o último evento, em Narrabeen.

    "Nunca obtive um bom resultado em Margaret River, mas quero manter o ímpeto que trago deste início de temporada", referiu o surfista agora treinado pelo norte-americano Andy King.

    Com as previsões a apontarem para um swell XL nos próximos dias, Gabriel mostra-se satisfeito com tal hipótese.

    "Estou ansioso pelas condições que se avizinham. Não gosto de baterias sem oportunidades para todos os surfistas. Com um swell grande em perspetiva, todos têm oportunidade de mostrar a sua valia. Estou preparado para tudo e não tenho medo de ninguém", garante o atleta sul-americano.

    Gabriel Medina sublinha que está apenas à procura de "um bom desempenho", numa fase em que é o atual líder do ranking mundial.

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram