Homepage

  • WSL apresenta o Australian Grand Slam para setembro e outubro
    22 julho 2020
    arrow
  • Além dos melhores surfistas da região, estas provas irão ainda receber algumas das maiores lendas do surf mundial, pois também haverá heats “heritage”.
  • Entre setembro e outubro a Austrália será palco de alguns dos eventos que vão marcar a retoma da WSL. O Australian Grand Slam já tinha sido apresentado na semana passado como uma das três etapas do “Countdown” especial que serve de pré-época para a temporada de 2021, a par da Euro Surf Cup e da prova especial no Surf Ranch, e agora foram desvendados mais pormenores.

    A ilha de Stradbroke do Sul irá ser o palco do Boost Mobile Gold Coast Pro, enquanto o Oeste australiano receberá o Margaret River Pro. A ação baseia-se em duas “strike missions” que irão reunir os melhores surfistas daquele continente. Cada um dos eventos será disputado em apenas dois dias e há um período de espera de dois meses, entre setembro e outubro, para tal acontecer.

    Estas provas especiais irão receber um total de 24 surfistas, 12 na prova masculina e 12 na feminina, e distribuem um prémio de 20 mil dólares australianos para os vencedores. Prémio esse que será doado a uma instituição de caridade. O elenco será composto por 11 surfistas do WCT e 8 surfistas do WWT, mais wildcard ou surfistas bem posicionados do ranking do WQS.

    Além dos melhores surfistas da região, estas provas irão ainda receber algumas das maiores lendas do surf mundial, pois também haverá heats “heritage”. Na Gold Coast Mick Fanning vai enfrentar Bede Durbidge, enquanto Joel Parkinson mede forças com “Dingo” Morrison. Já os wildcards para o evento principal serão dois surfistas locais de South Stradbroke: Chris Bennets nos homens e Sayaka Muramatsu nas mulheres.

    Já no Oeste australiano vai haver a oportunidade de rever Taj Burrow em ação, uma vez que será ele o wildcard local e que se juntará ao vencedor dos trials locais. Também haverá um convite para a prova feminina, mas ainda não foi anunciada a destinatária. No duelo de lendas Jake Peterson vai enfrentar Dave Macaulay.

    “Sabe muito bem regressar finalmente à competição e ter algumas provas pela frente nos próximos tempos”, afirmou a sete vezes campeão mundial Stephanie Gilmore, uma das estrelas que vai estar em ação neste Australian Grand Slam. Fazer estes eventos é um desafio enorme e será bom ver como a WSL está a trabalhar ao nível das suas regiões para trazer o surf de volta aos poucos para os fãs”, frisou.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram