Homepage

  • Kikas: 'Discutir o título mundial num evento único pode ser bastante positivo'
    17 julho 2020
    arrow
  • Calendário à parte, Frederico Morais também expressou a sua satisfação com a oportunidade de participar nos eventos especiais que a WSL irá realizar antes do arranque da nova época.
  • Foi ao início da tarde desta sexta-feira, dia 17 de julho, que a World Surf League (WSL) tornou oficial os rumores que já circulavam nos bastidores há algumas semanas.

    Devido ao atual cenário pandémico de Covid-19, a WSL tomou a decisão de cancelar todas as suas competições relativas a 2020.

    Ao mesmo tempo, a entidade que rege o surf profissional a nível mundial apresentou o calendário para a temporada de 2021. Uma época que será marcada por uma mudança importante no formato do World Championship Tour (WCT), bem como nas datas de alguns eventos.

    Alterações que merecem a aprovação por parte de Frederico Morais, o representante de Portugal no WCT.

    "Em todas as áreas estamos num tempo de mudança, mas estas alterações na WSL já têm vindo a ser pensadas há um tempo. O objetivo é comum: um calendário que apresente as ondas com melhor qualidade nos diferentes cantos do mundo", começou por dizer Kikas.

    Analisando o facto do título mundial de 2021 ser discutido num evento único em formato de surf-off, Frederico considera que esta novidade "pode ser bastante positiva, pois um surfista que apresente resultados sólidos ao longo dos eventos, passa a competir apenas com aqueles que o acompanham nas posições do ranking".

    Por fim, o surfista de Cascais não escondeu o contentamento com o facto de em 2020, apesar de todos os constrangimentos provocados pela pandemia do novo coronavírus, ainda ter a oportunidade de entrar dentro de água para enfrentar os outros surfistas internacionais, que tão bem conhece.

    Isto porque a WSL garantiu que nos próximos meses terão lugar diversos eventos especiais, que farão parte da série 'The WSL Countdown'. Eventos esses que vão decorrer em alguns países, sendo que Portugal está dentro desse lote.

    "Fico muito contente com o facto de ainda termos oportunidade de participar em alguns eventos este ano mesmo que em formatos diferentes e sem pontuar. O facto de ter um evento em casa, em setembro, num ano que foi dado quase como perdido é sempre um motivo de orgulho", concluiu Frederico Morais.

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Outras Notícias Relacionadas