Homepage

  • WSL cancela temporada de 2020 e introduz novo formato para 2021
    17 julho 2020
    arrow
  • O tour de 2021 começará em novembro de 2020 em Maui, Havai para as mulheres e, em dezembro de 2020 em Oahu, Havai para os homens.
  • A World Surf League (WSL) anunciou esta sexta-feira as tão esperadas atualizações e alterações no seu calendário e competições, bem como o cancelamento da temporada 2020 do Championship Tour (CT) devido à pandemia da COVID-19. Sendo a saúde e a segurança de atletas, fãs, funcionários e comunidades locais as principais prioridades da organização, e considerando os desafios das viagens internacionais atualmente, a WSL cancelou oficialmente a temporada 2020 de CT e Qualifying Series (QS). Também foram confirmados os rumores de uma reestruturação do calendário, que vai colocar a etapa portuguesa como a segunda do ano, a ser disputada em fevereiro, e com a França sem etapa do principal circuito.

    "Após uma análise cuidadosa e extensas discussões com as principais partes interessadas, tomámos a decisão de cancelar a temporada do Championship Tour e Qualifying Series devido à pandemia da COVID-19", afirma o CEO da WSL, Erik Logan, num vídeo divulgado nos canais da WSL. "Embora acreditemos firmemente que o surf é um dos desportos mais adequados para a competição ser realizada em segurança durante a era do COVID, temos um enorme respeito pelas preocupações contínuas de muitos na nossa comunidade, à medida que o mundo trabalha para resolver esta situação".

    Tour de 2021 arranca em novembro de 2020 no Havai

    O tour de 2021 começará em novembro de 2020 em Maui, Havai para as mulheres e, em dezembro de 2020 em Oahu, Havai para os homens, sujeito ainda a aprovação do Estado do Havai e das agências governamentais locais, além de protocolos eficazes que permitam que haja segurança e viagens internacionais. A temporada de CT de 2021 terminará com " WSL Finals", um novo evento que atribuirá o título mundial, com a duração de 1 dia, a decorrer em dezembro de 2021, o local será definido apenas mais próximo da data.

     Assim, o Tour de 2021 verá mudanças importantes não só em datas como no formato:

    - " WSL Finals":os títulos mundiais de homens e mulheres serão decididos num evento de um dia. As primeiras cinco mulheres e cinco homens do ranking dos 10 eventos do CT lutarão pelos seus respetivos títulos mundiais num novo formato de surf-off, numa das melhores ondas do mundo ainda por definir em dezembro;

    - Número igual de eventos de CT para mulheres e homens: O CT de 2021 incluirá 10 eventos para mulheres e homens, um número igual de eventos pela primeira vez na história, com as mulheres a juntarem-se aos homens para surfar em Teahupo, Taiti, uma das ondas mais icónicas e exigentes do mundo, pela primeira vez desde 2006.

    - Sazonalidade do Tour: além da reestruturação do CT, o cronograma será atualizado para criar temporadas distintas entre o CT e Challenger Series (CS). A partir de 2021, o CS terá lugar de agosto a dezembro. O QS vai até ao final de junho de 2021 e determina quem se qualificou para o Challenger Series. Os pontos dos eventos de QS que foram obtidos ainda 2020 serão transferidos para 2021.

    Esta evolução faz parte de uma discussão de vários anos, e o design final é uma colaboração entre os atletas, parceiros e a WSL.

    “Para Portugal temos a garantia que, em fevereiro, a probabilidade de existirem ondas excecionais na costa portuguesa, aumenta significativamente. De Sagres a Viana do Castelo temos ondulações espetaculares nessa altura. Por outro lado, para o Turismo de Portugal, nosso principal parceiro, um novo período de foco, com milhares de visitantes in loco mas com uma amplificação digital muito significativa, é estratégico. Portugal, será o epicentro do surf mundial desta vez em Fevereiro. No fundo é replicar o que temos vindo a fazer outubro em Peniche. Se conseguirmos transpor esta visibilidade para fevereiro é mais um impulso significativo no Turismo e na economia no continuo esforço de quebrar a sazonalidade. “Afirma Francisco Spinola, General Manager da WSL para a Europa, Africa e Medio Oriente.

    Calendário do campeonato de 2021 :

    Todos os eventos e datas estão sujeitos a alterações devido às restrições aplicáveis ​​à COVID-19, incluindo restrições globais de viagens

     1)     Shiseido Maui Pro, Honolua Bay, Maui, Havai: 25 de novembro a 5 de dezembro de 2020 (só mulheres)

         Billabong Pipe Masters, Oahu, Havaí: 8 a 20 de dezembro de 2020 ( só homens)

    2)    MEO Pro Peniche, Portugal: 18 a 28 de fevereiro de 2021

    3)     Snapper Rocks, Gold Coast, Austrália: 18 a 28 de março de 2021

    4)     Rip Curl Pro Bells Beach, Victoria, Austrália: 1 a 11 de abril de 2021

    5)     Margaret River, Austrália Ocidental, Austrália: 16 a 26 de abril de 2021

    6)     Oi Rio Pro Saquarema, Rio de Janeiro, Brasil: 20 a 29 de maio de 2021

    7)     Surf Ranch, Lemoore, Califórnia, EUA: 10 a 13 de junho de 2021

    8)     Quiksilver Pro G-Land, Indonésia: 20 a 29 de junho de 2021

    9)     Supertubes, Jeffreys Bay, África do Sul: 7 a 19 de julho de 2021

    10)  Teahupo'o, Tahiti: 26 de agosto a 6 de setembro de 2021

    11)  WSL FINALS, local TBD: 8 a 16 de dezembro de 2021

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram