Homepage

  • Tubos e surpresas no dia inaugural do Gold Coast Pro
    06 outubro 2020
    arrow
    arrow
  • Jack Robinson esteve em grande plano no dia inaugural da prova australiana.
  • Disputou-se esta madrugada de terça-feira o primeiro dia do Boost Mobile Gold Coast Pro, a segunda de três provas do Australian Grand Slam. Com a mágica South Stradbroke Island a oferecer condições pesadas e com algum potencial, assistiu-se a um dia com alguns tubos, notas excelentes e eliminações surpreendentes, sobretudo do lado feminino.

    A prova iniciou-se com o lado feminino, numa altura em que o mar ainda estava a acertar com a maré. Após disputas de scores baixos, que acabaram por atirar Tyler Wright para fora da competição, a jovem Isabella Nichols foi a primeira a provar o gosto tubular de um beachbreak algo idêntico a Supertubos, que ofereceu sobretudo direitas.

    Num formato com eliminação direta da terceira classificada de cada heat e com passagem direta para os quartos-de-final, sem qualquer repescagem, as surfistas mais novas aproveitaram para dar nas vistas. E depois da eliminação surpresa de Wright na ronda inaugural foi a vez da sete vezes campeã mundial Stephanie Gilmore perder nos quartos-de-final frente a Macy Callaghan.

    A Callaghan juntam-se ainda nas meias-finais Sophie McCulloch, Isabella Nichols e Nikki van Dijk, que acaba por ser a surfista mais experiente ainda em prova. Depois de um dia de muitas emoções e ondas tubulares, as rondas decisivas ficaram adiadas para a madrugada desta quarta-feira, com o mesmo a acontecer na prova masculina.

    Os homens entraram mesmo na maré cheia, quando o pico começou a oferecer as melhores condições e dá resultaram pontuações excelentes. Na primeira ronda os grandes destaques foram os tops do WCT Jack Robinson e Wade Carmichael e também o wildcard local Chris Bennetts, que conseguiu o melhor score da ronda, com 15,74 pontos, e venceu Owen Wright e Stu Kennedy.

    Depois de uma ronda inaugural em que Matthew McGillivray, Stu Kennedy, Soli Bailey e Mitch Crews ficaram pelo caminho, o espetáculo continuou nos quartos-de-final, onde Jack Robinson bateu Owen Wright com um score de 18,60, graças a uma onda de 9,67 pontos, a melhor do evento até ao momento, e outra de 8,93. Depois o rookie Liam O’Brien venceu a surpresa local Chris Bennetts e a prova parou, ficando dois heats em suspenso para o dia seguinte.

    Numa altura em que a primeira meia-final já está decidida, opondo o super favorito Jack Robinson a Liam O’Brien, há ainda que disputar dois heats dos quartos-de-final quando a prova retomar, de forma a definir a outra meia-final. Em confronto vão estar Wade Carmichael e Ethan Ewing e também Connor O’Leary e Mikey Wright.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • wsl
  • South Stradbroke Island
  • Australian Grand Slam
  • Boost Mobile Gold Coast pro
  • Stephanie Gilmore
  • Tyler Wright
  • Jack Robinson
  • Fotografia
    wsl
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
setembro 17
Formação 'Surf & Rescue' a caminho da Figueira da Foz
setembro 17
Voluntários vão limpar a Praia do Cabedelo este sábado
setembro 17
Pure Piraña, a hard seltzer que refresca o verão
setembro 16
Bom Petisco Peniche Pro arranca com nota 10 e festa de tubos
setembro 17
Bom Petisco Peniche Pro: Dia dedicado ao surf feminino em Supertubos
setembro 17
Baía do Funchal acolhe terceira etapa do Circuito Regional da Madeira de SUP Race 2021
setembro 16
Esta sexta-feira começa o 1º Save The Waves Film Fest Azores Tour