Homepage

  • Afonso Antunes vice-campeão europeu júnior da WSL!
    09 outubro 2020
    arrow
  • Portugal colocou dois surfistas na final masculina e ainda conseguiu um 7.º posto na prova feminina!
  • Afonso Antunes sagrou-se esta sexta-feira vice-campeão europeu da WSL, depois de ter terminado no 2.º posto da final a quatro do Pro Júnior de Espinho, que em 2020 serviu de evento único do circuito Pro Europeu Júnior. O jovem surfista português apenas foi superado pelo francês Kauli Vaast, que revalidou assim o título europeu júnior.

    Este foi um evento muito positivo para as cores nacionais, uma vez que foram dois os surfistas lusos a marcar presença na final. Afonso terminou no 2.º posto e Guilherme Ribeiro foi 4.º classificado. Pelo meio, no 3.º posto, ficou o francês Kyllian Guerin. Já na prova feminina, que foi vencida pela basca Janire Etxabarri, a portuguesa Carolina Santos conseguiu um honroso 7.º posto.

    O dia final em Espinho arrancou já pelas 11 horas, depois de algumas chamadas em vão. Uma incerteza que obrigou à mudança do formato competitivo, eliminando assim as rondas man-on-man. Cedo os surfistas portugueses deram nas vistas, com Guilherme Ribeiro a vencer a o primeiro heat dos quartos-de-final e Afonso a fazer o mesmo no último, com um score de 16,46 pontos.

    Contudo, era Kauli Vaast já a dominar o evento nesta fase, proporcionado um score histórico de 20 pontos no heat 2 dos quartos-de-final. O jovem surfista de origem taitiana conseguiu juntar duas notas máximas (10 pontos) no mesmo heat. Nas meias-finais Vaast continuou a dar show, num heat em que Guilherme Ribeiro conseguiu ser 2.º e avançar também para a final. A outra meia-final foi vencida por Afonso Antunes, que tentava responder da mesma moeda ao talentoso surfista gaulês.

    A final acabou por ser marcada pela falta de ondas. Afonso até começou muito bem, com uma nota de 8 pontos, mas nunca conseguiu apanhar a segundo onda que lhe daria o título europeu júnior, acabando por somar 10,63 pontos, contra 14,57 de Vaast. Guerin terminou no 3.º posto, com 9,67 pontos, enquanto Gui fez somente 5,33 pontos, depois de não ter encontrado ondas de potencial.

    Na prova feminina, a basca Janire Etxabarri conquistou o título feminino e sucedeu à portuguesa Mafalda Lopes. Janire contrariou o favoritismo da alemã Rachel Presti, que acabou no quarto e último posto da final, devido a uma interferência. A canária Lucia Machado foi vice-campeã europeia, enquanto a francesa Ainhoa Leiceaga terminou no 3.º posto.

    Destaque ainda para Carolina Santos, que conseguiu chegar às meias-finais, terminando no 7.º posto final. A surfista da Foz de Arelho somou 8,66 pontos na segunda meia-final e terminou no quarto e último posto de uma bateria vencida pela alemã Rachel Presti, onde a francesa Ainhoa Leiceaga foi segunda.  

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Outras Notícias Relacionadas