Homepage

  • Afonso Antunes vive 'sonho' ao competir junto de Ítalo, Kikas e Kanoa
    28 setembro 2020
    arrow
  • O atual líder do ranking nacional vê a participação no MEO Portugal Cup of Surfing como uma importante aprendizagem para os desafios futuros, a começar pela decisão do título nacional Open em Cascais.
  • No início do passado mês de julho, Afonso Antunes conseguiu a sua primeira vitória na Liga MEO Surf, a competição que define os títulos máximos do surf nacional, ao conquistar o Allianz Ericeira Pro, que decorreu em Ribeira d'Ilhas.

    Agora quase três meses volvidos dessa histórica gesta, o surfista de 17 anos está de regresso à mítica Praia de Ribeira d'Ilhas, mas para competir no MEO Portugal Cup of Surfing, evento especial que marca o regresso das competições da World Surf League ao país e que faz parte das Countdown Series.

    Para participar na prova portuguesa, o atual líder do ranking nacional masculino da Liga MEO Surf recebeu um wildcard por parte da organização.

    Esta será uma importante experiência para o jovem Afonso, pois terá a oportunidade de competir ao lado de alguns tops do World Championship Tour. A começar já pela ronda inaugural, onde estará no mesmo heat que o japonês Kanoa Igarashi.

    Numa pequena conversa com o MEO Beachcam, Afonso Antunes falou um pouco sobre como está o seu estado de espírito poucas horas antes de vestir a licra de competição e entrar dentro de água.

    MEO Beachcam (BC) - Quais são os teus objetivos para este evento?

    Afonso Antunes (AA) - Para ser sincero não tenho grandes objetivos para este evento. Este é um campeonato mais de aprendizagem. É já um grande orgulho e um sonho realizado estar a competir junto de surfistas que vejo como referências, especialmente o Frederico Morais, Ítalo Ferreira e o Kanoa Igarashi. Ainda nem acredito que é real. Só me resta desfrutar de toda esta envolvente e tentar exibir o melhor surf possível. 

    BC - Preferias que a competição fosse em Ribeira d'Ilhas ou Supertubos?

    AA - Sinceramente, tenho boas recordações de Ribeira d'Ilhas, pois foi nesta praia que conquistei a minha primeira etapa da Liga MEO Surf. Porém, a minha onda favorita é Supertubos, pelo que preferia que o evento fosse em Peniche. Acima de Supertubos só coloco a onda de Pipeline, no Havai.

    BC - Depois deste evento vais discutir o título nacional de surf em Cascais. Que importância pode ter esta competição na preparação para esse momento decisivo?

    AA - Vai ser importante devido à aprendizagem que vou levar deste campeonato. Terei a oportunidade de ver o modo como os atletas do CT competem e sobretudo estar dentro de água com eles. Aí, poderei observar o modo como reagem às diferentes situações durante uma bateria.

    BC - Em comparação com os surfistas que possuem maior experiência, quais os aspetos do teu surf que necessitas de aprimorar?

    AA - Ainda tenho diversos aspetos a melhorar. No entanto, destaco o modo como esses surfistas, devido ao facto de serem mais velhos, conseguem lidar com a pressão. Já estão muito mais habituados. Para além disso, ainda me falta mais power e técnica no meu surf.

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Outras Notícias Relacionadas