Homepage

  • Yolanda prestes a estrear-se na perna australiana
    18 fevereiro 2020
    arrow
  • Depois desta prova em Boomerang Beach o circuito segue para Avoca Beach, onde se realiza um QS3000, havendo ainda depois um QS5000 em Newcastle e a prova inaugural das novas Challenges Series em Sydney.
  • É já esta madrugada de quarta-feira que arranca o QS1000 de Boomerang Beach, em Nova Gales do Sul, na Austrália, onde Portugal estará representado pela campeã nacional Yolanda Hopkins. E a surfista algarvia já conhece as adversárias que terá pela frente na ronda inaugural.

    Yolanda surge neste campeonato como uma das surfistas mais cotadas, a par da campeã nacional de 2018, agora a competir pela Alemanha, Camilla Kemp. Inserida no heat 13 de 16, Hopkins vai ser top seed de uma bateria que conta ainda com a presença da japonesa Sal Maniwa e da australiana Amber Dods.

    Este é o segundo evento da tradicional perna australiana de início de temporada, depois de já se ter realizado um QS1000 no início do mês. Depois desta prova em Boomerang Beach o circuito segue para Avoca Beach, onde se realiza um QS3000, havendo ainda depois um QS5000 em Newcastle e a prova inaugural das novas Challenges Series em Sydney.

    Esta não será uma nova experiência para Yolanda, que no final da temporada passada já havia feito uma série de eventos na OZ, tendo conseguido mesmo resultados de relevo. A surfista algarvia estreou-se logo com um 3.º posto no QS1000 de Perth, seguindo-se um 5.º posto no QS1000 de Yallingup, ambos no Oeste australiano.

    Atualmente no 12.º posto do ranking, graças ao 17.º posto alcançado no QS5000 da China, ao 5.º posto alcançado recentemente no QS1500 de Tenerife e ao 5.º posto alcançado já no final da época passada no Chile, Yolanda chega à Austrália com boas hipóteses de somar pontos importantes para o ranking. No entanto, devido ao baixo estatuto, estas primeiras provas servem mais para ganhar ritmo, estando a luta pelos pontos guardada para Newcastle e Sydney.

    Depois de todos estes campeonatos do WQS, que vão receber os mais jovens promissores surfistas australianos mas também a nata do top 100 mundial feminino e masculino, todas as atenções vão virar-se para o WCT, que tem início marcado para o final de março, em Snapper Rocks, na Gold Coast australiana, como já vem sendo habitual.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Outras Notícias Relacionadas