Homepage

  • Albee Layer critica WSL: “As nossas vidas são clickbait”  
    12 fevereiro 2020
    arrow
  • O comentário de Layer critica o facto de tudo ter sido mostrado em direto e posteriormente em resumo.
  • Albee Layer é um dos surfistas mais talentosos da nova geração, mas também um big rider aplicado, nascido e criado na temível onda de Jaws. Foi com base nessa experiência, que o havaiano decidiu comentar o post em que a WSL mostrou as imagens do acidente de Alex Botelho, ontem durante o Nazaré Tow Surfing Challenge, para criticar a forma como tudo foi mostrado ao Mundo.

    “As nossas vidas são clickbait”, atirou Albee Layer, na caixa de comentários, recebendo inúmeras reações, algumas a favor e outras contra. Mais tarde o mesmo surfista adicionou ainda um agradecimento às equipas de salvamento que ajudaram no resgate e reanimação do big rider português.

    O comentário de Layer critica o facto de tudo ter sido mostrado em direto, inclusivamente durante o webcast, onde foi possível ver todo o momento de pânico instalado na praia durante cerca de 10 minutos. Para o havaiano, tudo com o intuito de gerar cliques e sem qualquer tipo de respeito perante a vida dos surfistas.

    A saída de Alex Botelho da água inconsciente e inerte, as manobras de reanimação, o desespero da equipa médica e os surfistas e colegas em lágrimas na areia foram alguns dos momentos bem patentes durante a transmissão e que lançaram o pânico entre quem assistia. Uma situação dramática em que se temeu o pior. Horas mais tarde a WSL lançou o vídeo de resumo e o big rider havaiano aproveitou para condenar a forma como tudo foi gerido.

    Mas houve mais comentários negativos em relação à forma como tudo foi mostrado em direto para o Mundo, inclusivamente de surfistas portugueses. Também a revista britânica Carve criticou o facto de os surfistas não terem sido respeitados durante a transmissão, eles que estão habituados a outro tipo de atuação por parte dos broadcasts.

    Outra crítica foi o facto de não haver um alerta no vídeo da WSL para o facto de as imagens poderem impressionar os mais sensíveis. Críticas injustas ou não, a verdade é que há inúmeros exemplos de outros desportos em que este tipo de imagens nem sequer passam. Após qualquer suspeita de lesão grave, as câmaras colocam imediatamente outra imagem em direto, que não a do acidente ou do desportista em causa.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram