Homepage

  • Aventura portuguesa na China chega ao final
    10 janeiro 2020
    arrow
  • Destaque ainda para a prestação do luso-germânico Dylan Groen, que conseguiu passar aos oitavos-de-final.
  • Não correu da melhor forma às cores nacionais o regresso à água no QS5000 de Hainan, na China. Depois de terem obtido performance positivas nos dois primeiros dias de prova e de terem usufruído de um dia de descanso, a competição regressou à água esta sexta-feira, mas os três portugueses que ainda estavam em prova acabaram todos eliminados.

    A ação recomeçou com a prova feminina, onde Teresa Bonvalot foi a primeira a entrar em ação. No heat 4, Teresa não conseguiu mais do que 7,43 pontos, sendo superada pelos 11,63 da australiana Freya Prumm e os 9,40 da holandesa Eveline Hooft. A jovem surfista da Linha despediu-se assim da China com o 17.º posto final, o que lhe dá 1000 pontos para o ranking e ainda 1250 dólares de prémio.

    Os mesmos pontos foram ganhos por Yolanda Sequeira. A campeã nacional não conseguiu fazer melhor que a compatriota, uma vez que somou apenas 9,07 pontos no heat 6. Depois de ter sido o destaque do dia inaugural, Yolanda foi agora travada pela italiana Claire Bevilacqua (10,30) e pela japonesa e top do WWT Amuro Tsuzuki (10,14).

    A seguir à prova feminina foi a vez dos homens entrarem na água, com Guilherme Fonseca a ser o único resistente luso em prova. Mas o desfecho não foi diferente. Depois de ter surpreendido nos primeiros dias do evento, Gui acabou por falhar a passagem aos oitavos-de-final por apenas 0,20 pontos, acabando eliminado amargamente.

    Num heat 6 muito disputado, o taitiano Mihimana Braye saiu vencedor, com 10,60 pontos. Na parte final Guilherme ainda tentou dar tudo por tudo pela qualificação, mas acabou por ficar-se pelos 9,70 pontos, muito perto dos 9,90 do neozelandês Te Kehukehu Butler. Apesar da eliminação, este foi o melhor resultado da carreira do jovem português, de 22 anos, no WQS.

    Destaque ainda para a prestação do luso-germânico Dylan Groen, que conseguiu passar aos oitavos-de-final, naquela que também já é a melhor prestação da carreira no WQS. O jovem surfista residente em Portugal, que compete pela Alemanha, vai lutar frente ao japonês Reo Inaba por uma vaga nos quartos-de-final desta prova chinesa.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram