Homepage

  • Guilherme Fonseca avança firme na China
    08 janeiro 2020
    arrow
  • Guilherme protagonizou o quinto melhor score do dia, o que diz bem da forma em que se encontra nas ondas chinesas.
  • Continua imparável a performance de Guilherme Fonseca na prova masculina do QS5000 de Hainan, na China. Apesar da forte concorrência, o jovem português conseguiu superar mais uma ronda nesta que é a primeira prova da temporada no WQS, estando já na 3.ª ronda. Aos 22 anos, e depois de uma pausa internacional de dois anos, Gui já está a conseguir na China o melhor resultado da carreira.

    Depois de uma estreia bem promissora, que culminou com um triunfo sólido na ronda inaugural, desta vez Guilherme não segurou o triunfo, mas carimbou a passagem à próxima fase graças a uma prestação novamente positiva. Apesar de ter sido superado pelo mexicano Jhony Corzo (14,00), os 13 pontos somados pelo surfista da Lourinhã garantiram o 2.º posto no heat 7 e a correspondente qualificação.  

    Guilherme protagonizou o quinto melhor score do dia, o que diz bem da forma em que se encontra nas ondas chinesas. Pelo caminho o jovem português deixou, desta vez, o experiente francês Marc Lacomare (12,23) e o australiano Sandom Whittaker (9,54), ambos surfistas com melhor ranking.

    Agora, na 3.ª ronda Guilherme Fonseca vai enfrentar o taitiano Mihimana Braye e o neozelandês Te Kehukehu Butler no heat 6, numa fase em que apenas um surfista fica pelo caminho, com os outros dois a avançarem para os oitavos-de-final. Para já, Gui já garantiu 1000 importante pontos para o ranking, mais do dobro do que aquilo que alguma vez já tinha conseguido neste circuito WQS.

    Caso avance para os oitavos-de-final, os ganhos de Guilherme Fonseca ascendem aos 1750 pontos e ainda 1500 dólares de prémio – neste momento vai nos 1250 dólares garantidos. Uma estreia em 2020 bastante promissora e que espelha bem o trabalho desenvolvido ao longo dos últimos dois anos, onde o jovem surfista do Oeste trocou as competições internacionais pelas viagens, de forma a evoluir tecnicamente. E os resultados estão à vista!

    Destaque ainda para o luso-germânica Dylan Groen, que também está na 3.ª ronda desta prova. Depois de em 2019 ter sido o recordista de campeonatos realizados, tendo viajado por todo o Mundo, mas sem resultados dignos de registo, o surfista alemão que reside em Portugal está a começar 2020 de forma eficiente. Agora, vai enfrentar o havaiano Josh Moniz e o australiano Dylan Moffat para tentar chegar aos oitavos-de-final.

    Em prova neste QS5000 de Hainan, mas do lado feminino, estão ainda Teresa Bonvalot e Yolanda Sequeira. Esta quarta-feira foi dia de pausa na prova feminina, pelo que as surfistas portuguesas só deverão regressar à água amanhã. Ambas também já estão na 3.ª ronda e, tal como Guilherme, vão tentar segurar uma vaga nos oitavos-de-final da prova asiática.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Outras Notícias Relacionadas