Homepage

  • Kelly Slater falha vaga em Tóquio, mas vence a Triple Crown havaiana
    20 dezembro 2019
    arrow
  • John John Florence foi, assim, o segundo surfista norte-americano a segurar a vaga para Tóquio’2020, juntando-se a Kolohe Andino, depois de ter cumprido a promessa de competir ainda a recuperar de lesão.
  • Kelly Slater foi um dos grandes protagonistas do dia final do Billabong Pipe Masters, que coroou o brasileiro Italo Ferreira como novo campeão mundial. Além de carimbar o título, Italo ainda assegurou o triunfo na etapa. Isto depois de passar por Slater nas meias-finais, quando o 11 vezes campeão mundial necessitava de vencer a etapa para assegurar a presença em Tóquio’2020. O maior surfista de todos os tempos acabou por falhar o objetivo primordial, mas não saiu de Pipeline de mãos a abanar, tendo conseguido vencer a Triple Crown havaiana pela terceira vez na carreira, aos 47 anos.

    Após ter batido Jack Freestone nos quartos-de-final, com uma onda já no final da bateria, Slater levou o delírio à praia. E os resultados seguintes trouxeram ainda mais emoção às contas. Isto porque Medina eliminou John John Florence e abriu a porta dos Jogos Olímpicos a Slater, que assim ficava a precisar “apenas” de vencer a etapa. Depois, a derrota de Michel Bourez frente a Griffin Colapinto também garantiu desde logo o triunfo na Triple Crown ao veterano norte-americano.

    A Triple Crown, que é um dos sub-troféus mais reputados do surf mundial e que chegou a ter Frederico Morais na luta pelo triunfo deste ano, acabando por terminar no 5.º posto do ranking, e que define o melhor surfista das últimas três provas do ano no Havai, foi um prémio de compensação para Slater, naquela que poderá ter sido a última etapa da carreira – ainda há bastante mistério sobre esta possibilidade. No entanto, no ar ficou uma sensação generalizada de tristeza por Slater não ter conseguido vencer o seu 8.º título de Pipe Masters e, sobretudo, por não ter conseguido a qualificação para Tóquio.

    John John Florence foi, assim, o segundo surfista norte-americano – no WCT compete pelo Havai, mas nos Jogos Olímpico terá de representar os Estados Unidos – a segurar a vaga para Tóquio’2020, juntando-se a Kolohe Andino. John John cumpriu mesmo a promessa de competir ainda lesionado de forma a segurar a vaga. Apesar de não estar recuperado a 100 por cento, depois da grave lesão sofrida num joelho na etapa do Brasil, em junho, Florence foi a jogo e conseguiu o objetivo. Se não tivesse entrado em prova, com a chegada às meias-finais Slater teria garantido a vaga.

    Destaque ainda para outros nomes que também garantiram a presença olímpica, fechando as 10 vagas atribuídas pelo WCT. Julian Wilson foi o segundo melhor australiano e junta-se a Owen Wright. Já os brasileiros vão ser representados por Italo Ferreira e Gabriel Medina, depois da derrota precoce de Filipe Toledo em Pipe. Resta lembrar que Portugal também já tem vaga garantida em Tóquio’2020 e que a mesma deverá ser de Frederico Morais.

    Aquilo que muitos dos fãs do King devem estar a perguntar neste momento é se não existirá uma espécie de wilcard especial para os Jogos Olímpicos que seja dado ao maior surfista de todos os tempos… Mas a verdade é que além de o wildcard estar disponível só para japoneses, caso estes não conseguissem qualificar nenhum surfista, o que acabou por acontecer, passando essa vaga para outra nação no Mundial ISA de 2020, as leis são bem claras ao dizer que cada país só pode ser representado por dois surfistas. É o fim do sonho para KS? Talvez não. Se existir uma baixa de última hora na seleção norte-americana a vaga é dele – e o historial clínico recente de John John Florence não é muito famoso.

    Lista de apurados para Tóquio’2020 pelo WCT:

    Estados Unidos - Kolohe Andino e John John Florence
    Austrália - Owen Wright e Julian Wilson
    Brasil - Italo Ferreira e Gabriel Medina
    França - Jeremy Flores e Michel Bourez
    África do Sul  - Jordy Smith
    Japão - Kanoa Igarashi

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram