Homepage

  • John John ainda no estaleiro. Precaução ou bluff contra Slater?
    12 novembro 2019
    arrow
  • Ao contrário de John John, Slater vai estar em prova nestas duas etapas, algo pouco habitual nos últimos anos, mas que demonstra bem o comprometimento com que o rei abordou a temporada.
  • John John Florence ainda não está recuperado da grave lesão que sofreu num joelho em junho passado, durante a etapa do WCT no Brasil, e vai falhar a presença no QS10000 de Haleiwa. Embora poucos acreditassem numa recuperação tão rápida, a verdade é que o havaiano surpreendeu todos com a inscrição neste evento, acabando, agora, por cancelar a participação.

    A mesma situação acontece para o QS10000 de Sunset Beach, a segunda prova da Triple Crown havaiana. John John também surge na lista de inscritos, embora seja provável que não esteja recuperado a tempo. Resta perceber se o campeão mundial de 2016 e 2017 estaria mesmo com muita vontade de regressar à água antes do tempo ou se não será tudo um jogo psicológico para atingir Kelly Slater.

    Ao contrário de John John, Slater vai estar em prova nestas duas etapas, algo pouco habitual nos últimos anos, mas que demonstra bem o comprometimento com que o rei abordou a temporada. Isto porque em Pipeline vai procurar garantir a qualificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio’2020 – a KS não interessa menos que um 5.º posto em Pipe.

    Só que John John Florence é o alvo a abater há algum tempo. Mesmo lesionado desde a quinta etapa do WCT, o havaiano ainda ocupa a segunda e última vaga de qualificação norte-americana, tendo já admitido que se for preciso competirá lesionado no Pipe Masters só para defender essa posição e uma eventual presença no Japão.

    Mesmo que Florence não recupere a tempo de entrar em Pipeline, este pode querer estar a jogar o jogo do gato e do rato com Slater, colocando pressão sobre o mesmo. Um jogo bem ao estilo dos tempos áureos de Kelly. É que mesmo sem John John em prova, o veterano surfista, de 48 anos, teria de ser, pelo menos, 5.º classificado – tendo ainda atenção ao também havaiano Seth Moniz.

    Resta perceber se John John Florence vai mesmo recuperar a tempo de competir no seu “quintal”, prevendo-se um final de temporada intenso, tanto a nível do título mundial, onde ainda há cinco candidatos em jogo, como das requalificações, como ainda nesta questão olímpica, que já começa a dar que falar mesmo antes da ação entrar na água.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram